xmlns:fb="http://www.facebook.com/2008/fbml" xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> BLOG DO CRATO | O Crato na Internet desde 2005
.

VÍDEO - COLETIVA DE IMPRENSA COMPLETA - Ministério Público e Polícias fazem megaoperação na Prefeitura do Crato www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense - Clique em Curtir e Adicione a sua Foto !

24 maio 2015

Pinçando fatos divulgados pela mídia – por Armando Lopes Rafael

Acordo cedo todos os dias, até nos domingos. E vou direto à Internet para ver o que acontece nesta aldeia global. Alguns fatos chamam a minha atenção. Compartilho com o caro leitor alguns destaques deste domingo.   
Se a moda pega...
Alguns sites da WEB estão difundindo a chamada acima...                   
Nem tudo é crise nesta república
 Enquanto o Governo Federal aprofunda sua crise administrativa, motivada pela incompetência, esta oriunda de uma crise maior, a moral, a iniciativa privada continua sendo a salvação da pátria. Neste fim-de-semana noticiou-se que o Brasil deve colher mais uma safra recorde de grãos em 2015. A produção brasileira de grãos deve chegar a 202 milhões, 226 mil toneladas. Isso representa um aumento de 0,7% sobre a estimativa do mês passado e um recorde nacional.
Empresários rurais ganham força no Nordeste
E agora o  melhor da notícia: A Conab destacou a região de MATOPIBA, formada pelos estados do Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia. Os números mostram um crescimento expressivo da produção de grãos nessa região. Cinco anos atrás, o MATOPIBA produzia 12 milhões e 300 mil toneladas, o equivalente a 8,3% da produção nacional. Para a safra atual, a previsão é de quase 20 milhões de toneladas: 9,7% do total.
Tucanos estão aprendendo a fazer oposição
Custou, mas parece que o PSDB está sintonizado com a imensa maioria do povo brasileiro. Antes tarde do que nunca. Segundo o jornal “Estado de Minas”, editado em Belo Horizonte: “O presidente nacional do PSDB, senador Aécio Neves, será o protagonista, neste domingo, 24, da nova propaganda do partido, apresentada em cadeia nacional de televisão. Dando seguimento aos ataques ao PT, iniciados pelo ex-presidente Fernando Henrique Cardoso na semana passada, Aécio vai afirmar que o Partido dos Trabalhadores, em função dos seus erros, está empurrando para o cidadão a conta dos desacertos.
"Nos últimos 12 anos, você trabalhou, pagou seus impostos e correu atrás. Você acreditou e fez a sua parte. Mas o governo não fez a parte dele. E agora, sem avisar, aumenta a conta de luz, a gasolina, os impostos, os juros e corta seus direitos. O governo resolve que você tem que pagar por erros que não são seus e abrir mão daquilo que você conquistou. É isto que nós não aceitamos. É contra isso que nos lutamos", afirma Aécio.
Na terça-feira da semana passada, o PSDB estreou seu programa partidário, também em cadeia de TV, com o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso fazendo o mais duro ataque dos tucanos ao governo Dilma Rousseff, desde a campanha presidencial do ano passado. "Nunca antes na história desse País se errou tanto e se roubou tanto em nome de uma causa", disse Fernando Henrique, recorrendo a um lema tão destacado pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em seus oito anos de governo. "Os enganos e desvios começaram no governo Lula", disse também FHC, que citou os casos de corrupção na Petrobras, chamando-o de "Petrolão". Também atacou as propostas de ajuste fiscal, em particular a MP 665, que torna mais rigorosas a regra para obtenção do seguro-desemprego”. 

                                            

Na “República da Corrupção”: Lava Jato avança agora sobre contratos do bilionário mercado do pré-sal

Prisão de lobista da Engevix, Milton Pascowitch, marca ofensiva das investigações em contratos de estaleiros, navios e plataformas; novos diretores, operadores de propina e empresas estão na mira
Fonte: O Estado de S.Paulo
Estaleiro Jurong, no Espírito Santo, fechou seis contratos com Sete Brasil / Foto: Banco de Imagens do EJA
Por Ricardo Brandt, Fausto Macedo e Julia Affonso
A força-tarefa da Operação Lava Jato deflagrou esta semana a primeira ofensiva para comprovar que o esquema de cartel e corrupção nas obras de refinarias e petroquímicas da Petrobrás, entre 2004 e 2014, foi reproduzido em contratos do bilionário mercado do pré-sal. São obras de plataformas, construção e locação de navios e sondas de perfuração para exploração de petróleo – a maior parte deles vigente – que envolvem volume de investimentos público e privado superior aos projetos até agora sob escopo da operação.
No foco atual dos procuradores e delegados da Polícia Federal estão contratos da Sete Brasil – empresa criada pela Petrobrás em parceria com fundos de pensão públicos e privados e com três bancos – com cinco estaleiros para a construção, no País, de 29 sondas de exploração no fundo do mar. Esses contratos somam US$ 25,5 bilhões. As empresas que compõem esses estaleiros são, em boa parte, as mesmas já suspeitas de formar um cartel e pagar propinas nos contratos das refinarias.
O estaleiro Atlântico Sul, controlado pela Camargo Corrêa, pela Queiroz Galvão e por investidores japoneses, é responsável pela construção de 7 sondas. O estaleiro Brasfels, do grupo estrangeiro Kepell Fels, de Cingapura, é responsável por 6 sondas. O estaleiro Jurong Aracruz, controlado pelo grupo estrangeiro SembCorp Marine, também de Cingapura, é responsável por outras 7 sondas. O estaleiro Enseada do Paraguaçu, controlado por Odebrecht, OAS, UTC e o grupo japonês Kawasaki, é responsável por mais 6 sondas. Por fim, o estaleiro Rio Grande, controlado pela Engevix, é responsável pela construção de 3 sondas. O empresário Milton Pascowitch, preso na semana passada sob suspeita de operar propinas para o PT – ele fez pagamentos à consultoria do ex-ministro da Casa Civil condenado no mensalão, José Dirceu –, atuava para o estaleiro Rio Grande, da Engevix. Sua prisão já é resultado do aprofundamento das investigações em relação aos contratos do pré-sal.

Voo é cancelado após turbina pegar fogo na decolagem em Juazeiro do Norte

Fonte: O Povo
Um voo que saía de Juazeiro do Norte com destino a São Paulo foi cancelado na manhã deste sábado, 23. Os passageiros já estavam a bordo e a aeronave estava na pista de decolagem quando ouviram um barulho, por volta das 11h30min, vindo de uma das turbinas. O avião já havia percorrido cerca de 200 metros para iniciar a decolagem. Foi avistada muita fumaça no local. O voo 6377, da Avianca, deveria ter decolado às 11h15min. As informações são do Corpo de Bombeiros. Ninguém ficou ferido.
Segundo o capitão Noberto Santos, do Corpo de Bombeiros de Juazeiro do Norte, o próprio comandante da aeronave ativou um sistema de segurança para debelar o fogo. A tripulação chegou a acionar as escorregadeiras na saída de emergência, mas, como o fogo havia sido controlado, os passageiros desceram pela saída normal, sem problemas.
Um funcionário da Avianca, que pediu para não ser identificado, informou que os passageiros seriam alocados em outros voos, ao longo do dia. E, aqueles que não conseguissem embarcar neste sábado, viajariam neste domingo, às 11h15min. Não foi informado quantos passageiros estavam a bordo.
A aeronave, do modelo AirBus A318, foi rebocada para manutenção. Os bombeiros encontraram marcas de combustível na pista, que foram retiradas para não comprometer o funcionamento do aeroporto.
Pessoas que moram nas proximidades do local disseram que ficaram preocupados por conta do barulho. Ficaram temerosos de que pudesse ter sido um acidente mais grave. Um grande número de curiosos chegou a ir até o aeroporto. Ana Leide de Almeida, 53, que reside próximo, disse que foi ao aeroporto após ouvir, em casa, a explosão da turbina.
                                                           

23 maio 2015

Uma cidade resoluta – por Pedro Esmeraldo

   Crato de hoje é diferente do Crato de ontem. Precisa se reorganizar deixando de lado as vertentes do comodismo que há em nossa mente.
Às vezes, somos forçados a dinamitar ideias valorosas com enfraquecimentos causados perlo desanimo que o acompanha no caminho do bom senso.
Sempre, apesar do descaso de alguns políticos, observamos bons métodos, por exemplo, afirmamos que constantemente vem para nós desenvolvimento acentuado como observamos alguns melhoramentos que nos deixam embevecidos o que causará encantos com estimulo de movimentação febril, já que avançamos no desenvolvimento do progresso urbano.
Por isso, é preciso que haja precaução de qualquer maneira, pois podemos continuar com essa satisfação de avançar no caminho da igualdade e da perseverança.
Nota-se que tentamos soerguer com movimentação de trabalho a fim de relevar trabalhos com ideias e decisões de progressão geométrica daquilo que podemos selecionar com um bom desempenho.
Tentamos amenizar os anseios do povo com veemência almejando alcançar o objetivo que é o igualitarismo progressista com união e força de vontade, já que afirmamos que poderemos ultrapassar as barreiras da clonagem de grandes efeitos dos municípios maiores. Poderemos ultrapassar com consciência o comportamento ilibado do mundo da criatividade que será o expoente máximo da expansão econômica do Cariri.
Esperemos que esses políticos de hoje venham organizar trabalho com seriedade e honestidade, deixando de lados as picuinhas, o disse me disse e as urdiduras na praça Siqueira Campos.
Por isso devemos partir para a luta com muito trabalho e em conjunto de normas com todas as camadas populares partindo para o conjunto de lutas principalmente contornado pela divisão do trabalho.
Notem que nós, os cratenses, mesmo aos trancos e barrancos devemos relevar o espirito empreendedor, já que precisamos enfrentar barreiras que se parecem intransponíveis e que satisfaremos o desejo de bom comportamento ético, pois deveremos seguir a meta da igualdade no contexto social.
Nesse conjunto de apresentação mental de coisas concretas, observamos a proteção do morro do seminário que é a maior obra desta cidade no decorrer do principio do século que nos causa relevo, deixando-nos entusiasmado devido o aspecto panorâmico e belo, já que apresenta uma vista maviosa, presa aos meandros panorâmicos da serra do Araripe.
Queremos que não nos cause dissabores aos inimigos desta cidade Crato avança, Crato progride, pois além dessas obras o morro do seminário e outros cenários extraordinários que poderemos nos gabar, devido as suas belezas estonteantes provenientes das curvaturas da serra do Araripe que causa inveja aos indivíduos “inimigos”. Percebemos com profunda discordância as alegrias visto que não temos condições de andar nos caminhos ínvios do desespero e da inveja.
Agradecemos a Deus esse dom que nos presenteou com progresso elevado e o espirito de luta que nos fez ultrapassar as barreiras do desespero de causa.
Quem quiser conhecer o Crato venha, pois aqui como diz a velha frase há lugar a todas as pessoas de boa vontade. E quem quiser conhece o nosso município venha com fidelidade porque o nosso objetivo é penetrar nas barreiras das belezas através da boa visão do seu olhar penetrante.                                              
                                                           
                                                                      

Na ausência da obrigação da Prefeitura, moradores de Crato mandam capinar suas ruas – postado por Armando Lopes Rafael

A foto diz tudo. O flagrante foi feito neste sábado, 23. No início da Rua Pergentino Maia, no bairro Parque Grangeiro, em Crato, o mato nascido há seis meses está sendo removido pelos próprios habitantes. Precisa acrescentar mais alguma coisa?
                                                           
                                                                      

Ah! as "Coisas desta República"! -- postado por Armando Lopes Rafael

Fonte: um giro nas notícias deste sábado, tendo como fonte o site VEJA- on line:
Os segredos do mensalão, dez anos depois
A história secreta de como o ex-presidente Lula escapou do escândalo de suborno que levou à prisão congressistas, empresários e toda a cúpula do PT
O ex-presidente Lula sobreviveu à CPI do mensalão, não foi acusado pelo Ministério Público e não pôde ser incluído no processo do Supremo Tribunal Federal: mais que habilidade(Alex Majoli/Magnum Photos/VEJA)
Na edição de 18 de maio de 2005, VEJA publicou uma reportagem exclusiva sobre um funcionário dos Correios filmado quando embolsava uma propina de 3 000 reais. Era puxado ali o fio da meada do mensalão, o primeiro dos dois esquemas de compra de apoio político engendrados no governo do PT. Nos doze meses seguintes, o Congresso esquadrinhou cada peça dessa engrenagem criminosa abastecida com recursos desviados dos cofres públicos. Os resultados produzidos representaram um ponto fora da curva na tradição de impunidade que beneficia os poderosos. Com base em provas colhidas pela CPI dos Correios, três deputados tiveram o mandato cassado, quarenta pes¬soas foram denunciadas pelo Ministério Público e 24 condenadas pelo Supremo Tribunal Federal (STF). A antiga cúpula petista foi sentenciada à prisão. Antes cotado para a sucessão de Lula na Presidência, José Dirceu passou quase um ano atrás das grades numa penitenciária em Brasília. Banqueiros e empresários ainda estão encarcerados. Os criminosos de punho de renda foram finalmente apresentados ao castigo - não sem antes ouvir uma reprimenda moral histórica. "São eles, corruptores e corruptos, os profanadores da República, os subversivos da ordem institucional, são delinquentes e marginais da ética do poder", disse o decano do STF, o ministro Celso de Mello.
Hoje, o mensalão ocupa um papel secundário no panteão dos escândalos nacionais. Foi superado, em cifras e ousadia, pelo petrolão, mas alguns de seus pontos ainda precisam ser elucidados. O mais intrigante deles é como o ex-¬presidente Lula se livrou da responsabilidade no caso, se era, em última instância, o principal beneficiário dos votos comprados no plenário da Câmara. VEJA desta semana desvenda como Lula escapou do risco de ser apontado como o chefe do mensalão e de responder a um processo de impeachment durante a CPI dos Correios. O sucesso da blindagem ao ex-¬presidente não decorreu apenas da capacidade de negociação de seus articuladores políticos. O PT negociou o silêncio do empresário Marcos Valério quando ele - às vésperas da conclusão da CPI dos Correios - avisou que acusaria Lula de comandar o mensalão se não recebesse uma ajuda financeira milionária. Um empresário amigo foi convocado para pagar a fatura e Valério se recolheu. Lula se livrou da CPI, reelegeu-se em 2006 e foi o efetivo cabo eleitoral de Dilma em 2010. Em 2012, Valério contou parte de seus segredos ao Ministério Público, tentando um acordo de delação premiada. Já era tarde. Lula não podia mais ser incluído no processo. O empresário cumpre uma pena de 37 anos de prisão. Definitivamente, não fez um bom negócio.
Manifestantes contra Dilma marcham em direção a Brasília e recebem proteção após ameaças
 O grupo de manifestantes que caminha rumo a Brasília na Marcha da Liberdade terá segurança reforçada neste sábado, no trecho entre Abadiânia (GO) e Alexânia (GO). O motivo: a Polícia Rodoviária Federal recebeu o aviso de que o Movimento dos Sem Terra (MST) não permitiria que os manifestantes contrários ao governo seguissem pela BR-060. Depois de negociar com representantes da PRF, os integrantes da marcha optaram por manter a caminhada. Eles serão escoltados por agentes da corporação e o policiamento na região ganhará reforço. A Marcha Pela Liberdade saiu de São Paulo em 24 de abril para pedir, dentre outras coisas, a abertura de processo de impeachment contra a presidente Dilma Rousseff. O grupo é vinculado às entidades que organizaram o gigantesco protesto de 15 de março. Quando os manifestantes passaram por Uberlândia (MG), um vereador petista afirmou que o MST iria receber "muito bem" os manifestantes. Daquela vez, a ameaça não foi cumprida. A Marcha Pela Liberdade vai chegar ao Congresso Nacional em 27 de maio. (Gabriel Castro, de Brasília)
Pastor Silas Malafaia rebate Lula: petrolão não é culpa do diabo, mas do PT
Na quarta-feira, em um encontro com sindicalistas, Lula ironizou os pastores evangélicos dizendo que, para eles, se “você está desempregado, é o diabo, está doente é o diabo”. Silas Malafaia, como já era de se esperar, nem esperou muito para rebater as críticas do ex-presidente às lideranças evangélicas. Malafaia acaba de publicar um vídeo em que diz que o mensalão, o petrolão, a roubalheira na refinaria de Pasadena e outros desvios “escondidos”, além do “estelionato eleitoral”, não são culpa do diabo, e sim do PT. O líder da Assembleia de Deus diz que só a mentira vem do demônio, pede que Lula “pare de mentir” e assuma que “sabia de toda a roubalheira do seu partido”.
Antes do “Deus abençoe a todos” final, Malafaia dá outro conselho ao ex-presidente:
- Lula, você vai entender. Você sabia que Jesus liberta da cachaça?
Por Lauro Jardim, na coluna Radar
Ex-candidato a presidente Levy Fidelix se livra de processo criminal por ofensa a gays   
Político era acusado pelo movimento LGBT de cometer crime de injúria por dizer em debate eleitoral no ano passado que 'aparelho excretor não reproduz'
O candidato à Presidência da República, Levy Fidelix, durante debate promovido pela Rede Bandeirantes, em 26/08/2014(Ivan Pacheco/VEJA.com)
O juiz eleitoral Roger Benites Pellicani, da 258ª Zona Eleitoral de São Paulo, homologou no dia 12 de maio o arquivamento de diversas representações que buscavam penalizar o político Levy Fidelix, presidente do PRTB, por crime de injúria contra a comunidade LGBT. No dia 28 de setembro de 2014, em debate entre os candidatos a presidente da República realizado pela TV Record, Fidelix teve de responder a uma pergunta da então candidata Luciana Genro (PSOL) sobre o reconhecimento do casal homossexual como família.
No debate, Fidelix disse: "Aparelho excretor não reproduz. É feio dizer isso. Mas não podemos jamais, gente, eu que sou um pai de família, um avô, deixar que tenhamos esses que aí estão, achacando a gente no dia a dia, querendo escorar essa minoria à maioria do povo brasileiro". O juiz acatou o posicionamento do Ministério Público de São Paulo que não enxergou crime na fala do político. Na peça, o promotor Silvio Antonio Marques diz que "embora os representantes tenham considerado que a conduta descrita nas representações ultrapassou os limites da liberdade de expressão, o fato tratado nestes autos é criminalmente atípico". "No Brasil, por inércia do legislador federal, o Código Penal e o Código Eleitoral não tratam de crimes contra as minorias ou contra coletividades determinadas", afirmou o promotor.
Como Levy Fidelix não falou sobre um casal ou sobre um gay específico ele também não pode ser enquadrado no crime de injúria, que é considerado um crime contra a pessoa "e não a uma coletividade de pessoas". No início do ano, um projeto que criminalizaria a homofobia e que já havia sido aprovado na Câmara dos Deputados em 2006 foi arquivado no Senado. Há dois meses, o político foi condenado por danos morais a pagar um milhão de reais a movimentos de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis, Transexuais e Transgêneros (LGBT) por suas declarações no debate presidencial.

22 maio 2015

"Cinturão vai garantir segurança hídrica para o Ceará", afirma Camilo Santana

 

transpdestaque"A garantia da Transposição para o ano que vem, entrando no Ceará pelo Cinturão das Águas, representa a garantia de que 2/3 da população do Estado, nas regiões do Cariri, Jaguaribe, Fortaleza e Região Metropolitana, não tenham problema de abastecimento de água". A declaração do governador Camilo Santana foi dada nesta sexta-feira (21), durante visita às obras do Projeto São Francisco e do Cinturão das Águas do Ceará (CAC), na Região do Cariri. "O Cinturão vai garantir segurança hídrica para o Ceará", confirmou ele, acompanhado do secretário de Recursos Hídricos, Francisco Teixeira, do presidente da Assembleia Legislativa, Zezinho Albuquerque, e de uma comitiva de deputados estaduais.
Rtransp2A visita começou na Barragem de Jati, onde as águas do São Francisco entrarão no Cinturão das Águas para serem distribuídas pelo estado. O governador destacou o tempo de conclusão deste trecho da obra. "A ideia foi trazer os deputados até Jati para conhecer de perto a execução no canteiro. Os engenheiros preveem que a etapa que abrange a barragem de Jati e o Riacho dos Porcos deve ficar pronta no segundo semestre do próximo ano".

Fotos: Marcos Studart

Missão Velha
RtúnelDepois, a comitiva seguiu para o município de Missão Velha, onde visitou o Túnel Veneza. Ele faz parte do primeiro trecho do Cinturão das Águas e tem 2,3 km de extensão. No local, os visitantes ouviram as explicações dos técnicos da Secretaria de Recursos Hídricos e das empresas responsáveis sobre os detalhes da construção que recebe investimentos de R$ 1,6 bilhão. "O Túnel Veneza é o maior dos nove túneis que nosso consórcio está construindo ao longo do trecho. Já temos mais de 50 por cento concluídos e a previsão é de que até março de 2016, a obra esteja pronta e seja entregue", disse o engenheiro civil e gerente de contrato do consórcio Ferreira Guedes & Toniolo, Busnello.
Na sua totalidade, o projeto do Cinturão das Águas prevê a construção de 1,3 mil quilômetros de canais, sifões e túneis que levarão água para 12 bacias hidrográficas do Ceará. No trecho 1, o equipamento vai beneficiar mais de um milhão de pessoas na Região do Cariri, atendendo diretamente às cidades de Jati, Brejo Santo, Porteiras, Abaiara, Missão Velha, Barbalha, Crato, Nova Olinda, Milagres, Farias Brito, Lavras da Mangabeira, Iguatu, Icó, Orós, Mauriti, Aurora, Cariús e Quixelô.
Também participaram da visita os deputados Evandro Leitão (PDT), Joaquim Noronha (PP), Leonardo Pinheiro (PSD), Zé Ailton Brasil (PP), Moisés Braz e Elmano Freitas (PT), Odilon Aguiar, Robério Monteiro e Wellington Landim (Pros), Tin Gomes (PHS) e  Naumi Amorim (PSL), além do prefeito de Missão Velha, Tardini Pinheiro, e da prefeita de Jati, Maria de Jesus, conhecida como "Neta".

Foto: Franco Neto

22.05.2015

Wiarlen Ribeiro
Repórter / Célula de Reportagem
wiarlen.ribeiro@casacicil.ce.gov.br
Sabrina Lima
Gestora de Célula/Secretarias
Coordenadoria de Imprensa
Casa Civil - Governo do Estado Ceará

CE 1º lugar do Brasil: CGE apresenta relatório de transparência

 

Escala_CGUNo mês em que a Lei de Acesso à Informação (LAI) completa três anos de vigência no Brasil, a Controladoria e Ouvidoria Geral do Estado do Ceará (CGE) lança uma radiografia da atuação da lei no Estado. O Secretário de Estado Chefe da CGE, Nelson Martins, apresenta o Relatório de Monitoramento da Implementação da LAI, a partir das 8h30min desta segunda-feira (25), no Gabinete do órgão, no Centro Administrativo Governador Virgílio Távora, Cambeba.

O documento revela a evolução dos números consolidados das solicitações de acesso à informação dos cidadãos de 2011 a 2014, além de comparar mês a mês de 2013 e 2014. Apresenta ainda os seguintes temas: assuntos mais recorrentes; órgãos mais demandados; solicitações por macrorregião; solicitações por canal de entrada (155, Portal da Transparência, SOU, e-mail, redes sociais, etc) e respostas; tempo médio de respostas por órgãos; entre outros assuntos. O Relatório de Monitoramento da Implementação da Lei de Acesso à Informação está disponível no site: www.cge.ce.gov.br.

A Controladoria e Ouvidoria Geral da União (CGU) reconheceu, nesse mês de maio, o Ceará como primeiro lugar no ranking de cumprimento da LAI através da Escala Brasil Transparente (EBT). Essa ótima colocação do Estado do Ceará diante dos outros estados confirma o comprometimento do Governo do Estado em cumprir os dispositivos da LAI e ser cada vez mais uma gestão transparente e democrática.

Para cumprir com todos os requisitos da LAI, a CGE criou e acompanha a atuação das ferramentas dos Serviços de Informações ao Cidadão (SIC), Sistema de Ouvidoria (SOU), o Portal da Transparência e Telefonia 155. Esses instrumentos foram criados para atender ao cidadão que busca acesso à informação pública. Em cada órgão existe um servidor dedicado a atender as solicitações de informação dos cidadãos.

Serviço de Informações ao Cidadão

Os Serviços de Informações ao Cidadão (SIC) foram criados nos órgãos e entidades do Poder Executivo Estadual devidamente identificados e disponíveis. O SIC conta com um sistema informatizado através do qual o cidadão registra a sua solicitação e dentro do prazo de 20 dias, prorrogável por mais 10 dias, tem acesso à informação requerida. Em cada órgão existe um servidor responsável para atender essas demandas.

Sistema de Ouvidoria

A Política de Ouvidoria do Estado do Ceará visa fomentar a participação da sociedade e o exercício do controle social, assegurando o direito à cidadania e à transparência dos serviços prestados pelo Poder Executivo Estadual, com atuação ética, por meio da escuta imparcial das partes envolvidas, preservando o direito de livre expressão e julgamento do cidadão.

Nesse sentido, a Ouvidoria atua como canal de intermediação do processo de participação popular, possibilitando ao cidadão contribuir com a implementação das políticas públicas e a avaliação dos serviços prestados.

Portal da Transparência

Um importante instrumento de transparência das ações do Governo do Estado e um aliado do cidadão no acesso à informação. Com o advento da Lei de Acesso à Informação, o Portal se consolidou como principal ferramenta de transparência ativa, permitindo ao cidadão obter informações independentes de requerimentos e além do paradigma orçamentário, patrimonial, contábil e financeiro. No Portal é apresentada de forma mais clara ao cidadão as políticas públicas desenvolvidas, assim como os resultados obtidos mediante a atuação do Estado. Acesse o Portal da Transparência do Governo do Estado do Ceará: www.transparencia.ce.gov.br

Telefonia 155

O telefone 155 é uma ferramenta importante e gratuita utilizada para a população em geral fazer manifestações de sugestões, elogios, reclamações, críticas, denúncias, bem como solicitar informações.

Serviço

Divulgação do Relatório de Monitoramento da implementação da Lei de Acesso à Informação
Dia: 25 de maio (segunda-feira)
Horário: 8h30min
Local: Gabinete da Controladoria e Ouvidoria Geral do Estado - CGE
End.: 2º andar Av. Gal Afonso Albuquerque Lima - Edifício SEPLAG - 2ºAndar - Cambeba

 

Assessoria de Comunicação da CGE - 85 3101.3474

Inauguração do Campus Multi-institucional de Iguatu será neste sábado (23)

 

fachadaA população da região centro-sul receberá neste sábado (23/5), às 19 horas, o novo Campus Multi-institucional Humberto Teixeira, na cidade de Iguatu, em solenidade de inauguração com a participação do governador Camilo Santana. Durante a cerimônia, será homenageado o compositor iguatuense Humberto Cavalcanti Teixeira, por meio de uma Exposição reunindo fotos, documentos, instrumentos e outras peças de seu acervo pessoal. O evento de inauguração vai ser embalado pelas composições de Humberto Teixeira e contará ainda com a presença de sua filha, a atriz Denise Dummont.

Para a instalação do novo campus, o Governo do Estado, através da Secretaria da Ciência, Tecnologia e Educação Superior (Secitece), investiu mais de R$ 25 milhões na obra e em mobiliários e equipamentos. O novo empreendimento irá receber 2 mil estudantes da Universidade Estadual do Ceará (Uece), Universidade Regional do Cariri (Urca) e Instituto Centec, numa gestão compartilhada que preservará a autonomia das três instituições.

RpátioDe acordo com o secretário da pasta, Inácio Arruda, a entrega do empreendimento demonstra o compromisso do governo estadual com o ensino superior e a formação dos cearenses. “O que preparamos foi um empreendimento de altíssima qualidade. Vamos alcançar com o novo Campus Multi-institucional de Iguatu uma elevação considerável do ensino e da formação na região. Este foi um compromisso assumido pelo ex-governador Cid Gomes e que agora é reforçado pelo nosso governador Camilo Santana”, enfatiza Inácio.

“O novo campus é uma obra magnífica e que terá uma alma. Esta alma é a comunidade. Vamos socializar o conhecimento, beneficiar o progresso e a evolução das nossas cidades da região centro-sul”, complementa o educador Cândido B.C. Neto, coordenador de Educação Superior da Secitece.

Detalhes do empreendimento

quadraO Campus Multi-institucional de Iguatu é uma construção arrojada e de grande dimensão arquitetônica. Em uma área total de 37 hectares e com área construída de 15.681,19m², o local conta com 42 salas de aula, 16 laboratórios, auditório com 223 lugares, biblioteca com 240m², quadra poliesportiva e sala multimídia para 67 pessoas. O estacionamento tem capacidade para 145 automóveis, 80 motos e 20 bicicletas.

Foram investidos R$ 20.954.419,09 na obra e mais R$ 5.030.324,58 para a aquisição de mobiliário e equipamentos. Já para a manutenção do Campus Multi-institucional, deverão ser gastos R$ 4.338.425,36 por ano.

Cursos

O Campus Multi-institucional irá reforçar a oferta de cursos de nível superior no interior do Estado, atendendo cerca de 2 mil alunos, em sua maioria da região centro-sul do Ceará. Em Iguatu, a Uece conta com 682 alunos distribuídos nos cursos de Letras, Pedagogia, Matemática, Física e Ciências Biológicas. Já a Urca irá transferir para o novo campus 1.380 alunos, oriundos dos cursos de Direito, Enfermagem, Educação Física e Ciências Econômicas.

Esporte e lazer

Para o pleno desenvolvimento das atividades esportivas, foi projetado um ginásio poliesportivo coberto, que obedece aos padrões oficiais e que atenderá também a comunidade. O campus é dotado ainda de piscina semiolímpica, espaço para a prática de ginástica e dança, academia e vestiários, além de um centro de convivência com lanchonetes, livraria e restaurante.

Homenagem

O equipamento foi denominado Campus Multi-institucional Humberto Teixeira em homenagem ao advogado, político e compositor Humberto Cavalcanti Teixeira, cujo centenário será comemorado em 2015. Natural de Iguatu, o "Doutor do Baião" nasceu em 5 de janeiro de 1915 e faleceu em 3 de outubro de 1979.

Foi ainda instrumentista, poeta, compositor, fundador e Presidente da Academia Brasileira de Música Popular, sendo nacionalmente conhecido como parceiro de Luís Gonzaga, o Rei do Baião. Um grande sucesso da dupla é a composição Asa Branca, lançada em 1947.

Serviço:

Solenidade de Inauguração do Campus Multi-institucional Humberto Teixeira
Data: 23/5, sábado
Horário: 19 horas
Local: Rua Dário Rabelo, s/n – Santo Antônio – Iguatu/CE (próximo a estação ferroviária)

 

 

Cynthia Cardoso
Assessoria de Imprensa da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Educação Superior

Escola Profissional Joaquim Nogueira ganha Prêmio Jovem Cientista

escola3

A Escola Estadual de Educação Profissional Joaquim Nogueira, localizada em Fortaleza, está entre as vencedoras do 28º Prêmio Jovem Cientista, promovido pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). A EEEP foi agraciada na categoria mérito
institucional - ensino médio, e receberá R$ 40 mil por ter alcançado o maior número de trabalhos qualificados na iniciativa. Foram 32 projetos sobre Segurança Alimentar e Nutricional, tema definido pelo CNPq para esta edição. A solenidade de premiação está prevista para junho próximo.

O prêmio visa reconhecer talentos e impulsionar a pesquisa no país. Conforme a diretora da escola, Elizabeth Chagas Gomes, a iniciação
científica está entre as diretrizes da Educação Profissional ofertada pela rede estadual. Há quatro anos, a escola realiza a própria Feira
Científica e Cultural, participa da Feira Estadual promovida pela Secretaria, e de outros eventos. Também existe uma carga horária
específica para essa área. "A Escola Profissional não se limita a formar o técnico, pois abre múltiplas oportunidades aos nossos alunos" - frisa a gestora.

Os projetos foram coordenados pelo professor Walquer Cavalcante Maia Junior e são orientados pelos professores da área de ciências da
natureza. Ele destaca que os 518 alunos da EEEP participam dos projetos e têm acesso ao mesmo conhecimento. Conforme o educador, o objetivo é despertar o interesse do estudante pela pesquisa científica e, para isso, contam com todos os professores. "Para nós esse prêmio é motivo de grande alegria e saber que os 32 trabalhos enviados foram qualificados é incentivo para prosseguir".

Dar continuidade é também o pensamento da aluna Luiza Ranielly Ferreira que está no último ano do curso de Segurança do Trabalho. A estudante comenta que aprendeu muito com sua participação na pesquisa sobre defensivos naturais para desenvolver um produto que não altere a qualidade do alimento e beneficie o meio ambiente. "Estou feliz em saber que fomos premiados. Vou sair da escola, mas os alunos que ficam vão continuar o trabalho" – garante.

Veja os projetos da EEEP qualificados pelo CNPq:

1. SeedDefenser: biofilme protetor para sementes;
2. O uso de defensivos naturais no controle de formigas encontradas na
horta orgânica da EEEP Joaquim Nogueira;
3. A influência dos programas sociais na dieta do brasileiro;
4. Plantas medicinais populares do nordeste;
5. Segurança alimentar em enlatados: determinação de pH e crescimento
microbiano;
6. Comparação quantitativa entre a eficácia da técnica sódis –
desinfecção de água com a luz solar (solar water disinfection) e a
fervura, utilizada na desinfecção da água;
7. Análise da refeição funcional estudantil;
8. O sushi na química;
9. Selo de segurança;
10. Criando hábitos de segurança alimentar;
11. Auxílio da alimentação na prevenção do câncer;
12. Estudo comparativo microbiológico do leite “in natura” e fervido;
13. A pasteurização como técnica de controle do crescimento de
micro-organismos em laticínios;
14. A importância da panela de pressão para segurança alimentar;
15. Aplicação da energia nuclear na agricultura;
16. O que comem os astronautas: nutrição no espaço e suas particularidades;
17. Estudo comparativo do uso do vinagre e do hipoclorito de sódio na
higienização de frutas e verduras;
18. Análise do consumo exagerado da Coca-Cola;
19. Os perigos dos aditivos químicos;
20. Projeto “Contando Calorias”: incentivando a atividade física e uma
melhor alimentação;
21. Forno micro-ondas: verdades e mitos sobre um ícone da cozinha moderna;
22. Irradiação de alimentos: faz bem ou mal;
23. Efeitos dos recursos naturais no meio orgânico;
24. O controle da ansiedade através de práticas corporais para a
adequação do peso corporal;
25. Conservantes: heróis ou vilões?;
26. Cestas básicas: aspectos nutricionais e sociais;
27. “Bacillus Thuringiensis”: uma alternativa de controle biológico aos
agrotóxicos não prejudiciais à saúde;
28. A diferença entre alimentos orgânicos e não orgânicos para a saúde
do consumidor e a sustentabilidade do solo;
29. A importância do sódio nos alimentos – benefícios e malefícios;
30. Cuidados ao administrar sal nos alimentos;
31. Agricultura orgânica e segurança alimentar;
32. Conscientização alimentar na escola.

 

Assessoria de Imprensa da SEDUC 3101.3972

Fórum Cearense dos Comitês de Bacias Hidrográficas

baciasce

Os doze Comitês das Bacias Hidrográficas do Ceará estão reunidos, no Hotel Dom Cláudio, Rua Fausto Aguiar, 700, Cambeba, Fortaleza (por trás da Cogerh), para o Fórum Cearense dos Comitês de Bacias Hidrográficas (FCCBH). O objetivo é discutir questões em comum que impactam todas as bacias.

O encontro conta com a participação da Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh)/Sede e Regionais e da Secretaria dos Recursos Hídricos do Ceará (SRH). Compondo a mesa estavam o presidente da Cogerh, João Lúcio Farias, que afirmou: “Temos que encontrar novos caminhos para solução do desabastecimento hídrico, um deles é a dessalinização de água do mar, para atender o Porto do Pecém. Com a dessalinização podíamos aliviar regiões do Estado, como irrigantes e empresários que geram empregos, pensando assim na economia do Ceará. Com a experiência que temos, vejo que podemos encontrar alternativas.” Por sua vez, o representante do secretário dos Recursos Hídricos, Carlos Campelo, disse que o papel dos Comitês é fundamental diante da crise hídrica.

Para o diretor de Planejamento da Cogerh, Ubirajara Patrício, o Fórum é um momento de articulação entre os Comitês e o Sistema dos Recursos Hídricos do Ceará, que gera troca de experiências entre os Comitês.

No dia 22 de maio, haverá eleição da nova coordenação do Fórum. Atualmente, esta conta com o coordenador geral, Alcides da Silva Duarte, coordenador adjunto, Geneziano Martins e o secretário geral, Antônio Alzemar de Oliveira. Alcides da Silva diz que o Fórum é importante para o fortalecimento dos Comitês, além de estar em processo de crescimento e reconhecimento. O coordenador disse que a partir de experiências exitosas apresentadas pelos Comitês, uma delas será selecionada para apresentação no 17° Encontro Nacional de Comitês de Bacias Hidrográficas (ENCOB), em Caldas Novas (GO), de 4 a 9 de outubro de 2015.

O FCCBH também contará com Momento Solene de Homenagem e Entrega da Comenda Antonio Zaranza ao padre Manoel Bezerra Machado, do Comitê da Bacia Hidrográfica dos Sertões de Crateús, idealizador da Escola de Família Agrícola de Independência e palestra sobre Cadastro Ambiental Rural.

 

Rafaele Esmeraldo Menezes

Assessora de Imprensa da Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh)

Crise na Saúde atinge outro hospital

hdc

Barbalha. A crise financeira que assola a maioria dos hospitais públicos do País atingiu mais uma unidade de saúde na região Sul do Ceará. O Hospital do Coração do Cariri, sediado neste município, anunciou, ontem, por meio da direção, que reduzirá drasticamente o número de procedimentos de alta complexidade por conta da falta de recursos. Cirurgias cardíacas, implante de marca-passos, angioplastias e exames de diagnóstico, por exemplo, foram cancelados por tempo indeterminado.

A direção do hospital alega que os valores repassados pelo Sistema Único de Saúde (SUS) são insuficientes para manutenção dos serviços. Além de estarem defasados, também há reclamações de atrasos nos pagamentos de procedimentos realizados e ainda não quitados pelo SUS. O valor da dívida já ultrapassa R$ 2 milhões.

Atualmente, o teto estabelecido pelo SUS para pagamento dos procedimentos feitos pelo hospital é de R$ 274 mil. O valor, conforme a direção da Unidade, não supre a demanda existente. Um levantamento realizado pela administração aponta para a necessidade do aumento do teto de atendimento para, no mínimo, R$ 500 mil.

O Hospital do Coração do Cariri atende pacientes dos 28 municípios que compõem a região. Também há procura de pacientes oriundos de outros locais do Ceará e de cidades vizinhas nos Estados da Paraíba e Pernambuco. Ontem, durante a exposição da atual situação vivida na Unidade, o clima era de preocupação e tristeza.

"O Hospital só manterá atendimento de urgência e emergência. Não há mais condição de continuarmos realizando os atendimento que eram ofertados sem que haja a liberação dos pagamentos que estão em atraso pelo SUS e a ampliação do teto relativo ao pagamento dos procedimentos", observou o médico José Correia, um dos diretores da unidade hospitalar.

Os problemas ocasionados pela falta de recursos vêm se acumulando nos últimos meses. Em fevereiro, a direção foi obrigada a reduzir o número de leitos e a extinguir o setor de Pós-Operatório Imediato (POI), reservado a pacientes saídos de cirurgias cardíacas, por falta de condições financeiras para manutenção do setor. A unidade tem buscado, desde 2007, realizar o credenciamento junto ao Ministério da Saúde para realização da alimentação parenteral dos pacientes, ação vista como fundamental para o atendimento de pessoas que sofrem com dificuldades de deglutição. Até hoje, no entanto, tal cadastro não foi realizado.

"Fato é que a demanda cresce a cada dia e não há evolução dos valores pagos pelo governo Federal em relação aos procedimentos. O hospital precisa receber do SUS os procedimentos que foram realizados e que, até agora, não foram pagos. Há uma grande quantidade de procedimentos que ainda precisam ser realizados. Porém, por conta da falta de condições financeiras, não há como continuarmos trabalhando desta forma. O Estado repassa R$ 90 mil mensalmente. Esse valor, no entanto, apenas minimiza a situação. O que precisamos é de uma ação concreta, que possibilite a manutenção permanente dos procedimentos", avaliou o médico João Correia, que também integra o quadro diretório da unidade.

Prejuízos

Somente no período de 2012 a 2014, os prejuízos contabilizados pelo Hospital do Coração do Cariri chegaram a R$ 350 mil. Por causa do não recebimento dos valores devidos pelo SUS, a Unidade também ficou inadimplente junto a fornecedores. Só as dívidas que o hospital possui pela aquisição de próteses e órteses totalizam mais de R$ 600 mil.

No ano passado, a unidade realizou cerca de 22 mil procedimentos, superando os 19 mil que tinham sido efetivados em 2013. O hospital conta com cerca de 200 profissionais habilitados. Quatro plantonistas atuam em regime de revezamento entre o setor de Emergência e a Unidade Coronária (UCO).

Na tentativa de solucionar o problema relativo aos atrasos de pagamentos pelo SUS, bem como a necessidade de ampliação do teto estabelecido, a direção do hospital buscou o auxílio Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE).

A perspectiva é que o órgão ministerial repasse a situação ao Poder Judiciário para que este solucione as pendências em aberto. "Nós estamos buscando todas as alternativas possíveis para que não haja o fechamento total do hospital. A situação é grave e precisa ser solucionada o mais breve possível para que não haja prejuízo aos pacientes que necessitam dos procedimentos que, até então, vinham sendo oferecidos", concluiu o médico João Correia.

Mais informações
Hospital do Coração do Cariri
Rua Zuca Sampaio, 685
Vila Santo Antônio - Barbalha
Telefone: (88) 3532-7700

Roberto Crispim
Colaborador

Diario do Nordeste - Regional

Servidores de Barbalha já recebem a primeira parcela do 13º Salário

barbalha

A Prefeitura de Barbalha injetou R$ 1,5 milhão nas contas dos servidores do município. O dinheiro é referente a antecipação da primeira parcela do 13º salário dos servidores e deverá aquecer o comércio local nessa época de festa juninas, especial a Festa do Pau da Bandeira de Santo Antônio, que acontecerá no próximo dia 31.
Numa época de crise na economia nacional, o prefeito José Leite (PT), dá exemplo de austeridade fiscal  mantendo as contas do município em dia e pagando rigorosamente os servidores municipais efetivos e nomeados.
O pagamento da primeira parcela do 13º Salário foi pago integralmente na quinta-feira (21). O prefeito Zé Leite entende que trata-se de extrema importância para os servidores e que representa um impacto positivo na economia do município barbalhense.

flavio pinto

Padre Alessandro Campos no Cariri Garden Shopping neste sábado

 

pealesandro

Neste sábado (23), a partir das 11h, o Padre Alexandre Campos, conhecido nacionalmente como o “Padre Sertanejo do Brasil” por usar um estilo country, com direito a chapelão, cinturão e bota sertaneja.  O sacerdote vem diretamente de Mogi das Cruzes/SP para o Cariri Garden Shopping, onde fará sessão de autógrafos exclusiva com fãs e fiéis.
O religioso que apenas celebrava missas tradicionais no interior de São Paulo, começou a celebrar e cantar músicas de louvor em estilo sertanejo. Foi desta forma, que o padre caiu na graça do povo e virou estrela do sertanejo católico no Brasil. Com o sucesso de suas missas e apresentações por todo o território nacional, Padre Alexandre Campos já vendeu 350 mil cópias do seu atual disco “O que é que eu sou sem Jesus?” em apenas 20 dias.
No dia 23, além da sessão de autógrafos programada pela manhã no shopping, estará no Horto, onde conhecerá a estátua do Padre Cícero. A tarde, por volta das 17h, ele fará apresentação com banda ao vivo no Estádio Romeirão às 17h. Esta é a primeira apresentação do sacerdote na Região do Cariri.
Mais Informações: (88) 2101-5444.

flavio pinto

IX Conferência Regional dos Direitos da Criança e do Adolescente será realizada hoje no Crato

criancas1

Nesta sexta-feira, 22, o município do Crato, sedia a IX Conferência Regional dos Direitos da Criança e do Adolescente. O evento, realizado pelo Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA), em parceira com a Secretaria Municipal do Trabalho e Desenvolvimento Social (SMTDS), acontece a partir das 8h, no auditório do Sest/Senat.
A conferência vai discutir a Política e o Plano Decenal de Direitos Humanos de Crianças e Adolescentes, com o objetivo, segundo os organizadores, de garantir a implementação da Política e do Plano Decenal dos Direitos Humanos de Crianças e Adolescentes, a partir do fortalecimento dos Conselhos.
O evento constitue-se ainda como ato preparatório para a X Conferência Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente, que acontecerá em Fortaleza.
Participam das discussões representantes de 16 (dezesseis) municípios do Cariri, escolhidos através das conferências municipais.
(Governo do Crato)

10ª entidade é beneficiada com projeto do Cariri do Bem

caririgarden2

Mais uma entrega de donativos foi realizada pelo Cariri Garden Shopping, por meio do projeto Cariri do Bem, na Comunidade Católica Boa Nova, que atua com dependentes químicos em processo de recuperação. É a única a tratar apenas de mulheres na região e está há seis anos realizando esse serviço na cidade do Crato, no sítio Boa Vista, em Santa Fé.
A entidade sobrevive de doações e foi a décima beneficiada por meio do projeto, em que o shopping tem atuado com a solidariedade da sociedade do Cariri, na doação de roupas, calçados, quantias em dinheiro, alimentos, em pontos de coleta no empreendimento.
Estão sendo beneficiadas na comunidade Boa Nova 16 mulheres, de várias cidades da região como Crato, Juazeiro do Norte e Barbalha, além do Recife, em Pernambuco. Os materiais são entregues pelo Cariri Garden Shopping, no próprio local. Dessa vez foi mais um carregamento de produtos, incluindo desde roupas, cobertores, brinquedos, entre outros donativos.
Segundo a coordenadora do local, a missionária Regiane Farias, é de grande relevância esse tipo de iniciativa, para o benefício de quem realmente está necessitando desta atenção. Não apenas a comunidade será abastecida com os donativos, mas outras ligadas à entidade, em cidades como Salgueiro e Serra Talhada, em Pernambuco, que inclusive conta com ações direcionadas às crianças.
A formação espiritual para as mulheres que estão na casa é um dos principais pilares de atuação da entidade Boa Nova. A casa realiza o acolhimento, e com isso possibilita que as residentes façam os trabalhos diários da casa, além de seguirem às atividades que são determinadas, voltadas para o processo de acompanhamento. Além disso, conforme a missionária, há a possibilidade de trabalhar também com oficinas que proporcionem o aprendizado e ajudem na manutenção do espaço.

flavio pinto

Tá feia a coisa: Governo do PT anuncia corte de R$ 69 bilhões no Orçamento nesta sexta

Fonte: Folha de S.Paulo
Joaquim Levy, ministro da Fazenda, havia proposto corte de até R$ 80 bilhões
Em um momento de queda da receita e de risco de ter seu pacote de ajuste desfigurado no Congresso, o governo Dilma anuncia nesta sexta (22) um corte no Orçamento de cerca de R$ 69 bilhões, o maior da era petista, para tentar vencer o ceticismo do mercado de que irá cumprir sua meta fiscal em 2015. Ao definir o tamanho do bloqueio, o governo estimou que o país terá uma retração de 1,2% do PIB neste ano, pior do que a previsão anterior (0,9%). A inflação oficial será de 8,26%, bem acima do centro da meta (4,5%).
Quem te viu e quem te vê: Deputado Guimarães diz que país 'quebra' se Medidas Provisórias do ajuste não forem aprovadas
A "cara da crise"
O líder do governo na Câmara, José Guimarães (PT-CE), acusou senadores do PT contrários ao ajuste fiscal de Dilma Rousseff de fazer "firula" e afirmou que o país "quebra" caso o Senado não aprove as medidas provisórias de aperto nos gastos trabalhistas e previdenciários. "O país quebra se não votarmos as medidas provisórias. (...) Quebra porque desacelera, não cria expectativa, não sinaliza para o ambiente econômico do país. Essa não votação [das MPs do pacote] pode inviabilizar politicamente a economia do país", afirmou Guimarães em entrevista coletiva.
Coisas da República – Exército brasileiro no Haiti, mais uma obra genial de Lula: Custo de R$ 1 bilhão e 300 milhões
O ministro da Defesa, Jaques Wagner (PT), afirmou nesta quinta-feira que as tropas brasileiras que integram a Missão das Nações Unidas para a Estabilização do Haiti (Minustah) deixarão o país até o fim de 2016. A participação brasileira na Minustah não trouxe mudanças apenas para o Haiti, mas também para o Brasil. As mais significativas sem dúvida foram o surgimento de uma onda de imigrantes haitianos que passaram a entrar em território nacional desde 2010.

Em Belo Horizonte, Dom Fernando fala sobre a experiência humana e sacerdotal do Pe. Cícero Romão Batista – por Patrícia Silva

No último dia 20, o bispo Dom Fernando Panico esteve com os seminaristas do Seminário Maior de Belo Horizonte- MG, a convite do Arcebispo de Belo Horizonte, Dom Walmor Oliveira de Azevedo, falando sobre a experiência humana e sacerdotal do Pe. Cícero Romão Batista e as romarias que a Diocese de Crato vivencia no decorrer do ano.
“Dom Walmor me convidou para expor aos seus seminaristas a figura do Pe. Cícero e, com destaque, as romarias e a atenção pastoral para os romeiros. Senti que a apresentação foi acolhida com muito interesse e atenção; fiquei muito feliz em puder contribuir com a partilha desta vivencia tão forte de nossa Diocese”, falou Dom Fernando.
Da esquerda para direita: Pe. Fernando César, Dom Fernando Panico, Pe. Francisco Georgerlandio e Dom Walmor Oliveira. (Foto: Reprodução)
Do encontro também participaram o reitor do Santuário de Nossa Senhora da Piedade, em Caetés, Pe. Fernando César do Nascimento, e o Pe. Francisco Georgerlandio de Brito Felipe, padre da Diocese de Crato que está cursando mestrado em Teologia Dogmática, na Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais.
Neste mesmo dia acontecia na Capela Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, em Juazeiro do Norte, a tradicional missa em memoria ao falecimento do Pe. Cícero, celebração que é realizada todo dia 20 de cada mês, às 6h, e conta com a participação de centenas de romeiros.

21 maio 2015

Indústria naval perde 11 mil empregos com Lava Jato e crise

industria-navalA indústria naval contabiliza uma redução de 11 mil empregos desde dezembro de 2014. As causas são as dificuldades resultantes dos escândalos envolvendo a Petrobras [na Operação Lava Jato] e a crise político-econômica do país. A informação é do Sindicato da Indústria Naval Brasileira (Sinaval) e foram apresentadas hoje (20), durante audiência pública na Câmara dos Deputados.

De acordo com o presidente do Sinaval, Ariovaldo Santana de Rocha, não procedem as informações de que as demissões já seriam 20 mil. “Até o momento, foram cerca de 11 mil demissões no setor. Em dezembro do ano passado, a indústria naval tinha 82 mil empregos diretos. Hoje, são 71 mil. Não fossem os problemas atuais, poderíamos ter mais de 100 mil pessoas empregadas”, explicou Ariovaldo.

Ao mesmo tempo em que elogiou as iniciativas do governo para estimular o setor, Rocha fez críticas a instituições financeiras que têm criado dificuldades para o crédito necessário à execução dos investimentos previstos em contratos.

“Estamos tralhando diretamente com o governo federal. No entanto, infelizmente não temos conseguido solução para o problema de financiamentos com o setor financeiro. A exceção é o BNDES [Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social]”, disse Rocha.

Representando o BNDES, a chefe do Departamento de Gás, Petróleo e Cadeia Produtiva do banco, Priscila Branquinho das Dores, informou que que a instituição já desembolsou R$ 16,7 bilhões para a indústria naval. Dess total, 54% foram destinados a embarcações de apoio, 23% para navios petroleiros e 23% estaleiros e plataformas. “Só em 2015, já foi desembolsado R$ 1,5 bilhão para a indústria naval”, afirmou Priscila.

Segundo Ariovaldo Rocha, os bancos demoram mais de 90 dias apenas para dar posicionamento sobre pedidos de financiamento. “E boa parte das respostas é negativa. Em 40 dias, o BNDES consegue informar se tocará ou não o projeto. É melhor fazer isso que ficar sentado em cima do projeto, enrolando”, acrescentou.

Assessor do presidente e coordenador executivo do Programa de Mobilização da Indústria Nacional de Petróleo e Gás Natural da Petrobras, Paulo Sérgio Rodrigues Alonso esclareceu que alguns projetos não conseguiram financiamentos em bancos públicos.

“No caso da Sete Brasil [consórcio que tem a Petrobras como sócia para fabricação de 28 sondas], isso não foi possível, porque não conseguimos cumprir a exigência do BNDES para mitigação de risco”. Ele destacou que, para esse empreendimento, as dificuldades são maiores porque a Sete Brasil tem um “modelo financeiro muito complexo”. Segundo Alonso, a Sete Brasil não está quebrada, mas “carente de solução” para a questão financeira.

“Cada sonda é uma sociedade de propósitos específicos. Nunca havíamos construído uma sonda no Brasil. Por isso, tínhamos de dotar o estaleiro de estrutura. Só com a Petrobras como sócia é que os estaleiros teriam condições de dar conta desse modelo complexo e com necessidade de financiamento”, disse o representante da Petrobras.

“Temos de vencer a situação financeira pela qual passamos. Não é possível um país que criou, com competência e iniciativa, esse mundo que é a indústria naval, não conseguir equacionar questões financeiras e técnicas para manter essa indústria, que é altamente estratégica para o país. Em termos de soberania nacional e de reparos navais, a indústria pode construir muito para a Petrobras e Marinha”, concluiu Paulo Sérgio Alonso.


agencia brasil

Explosão em plataforma da Petrobras paralisa produção na P-56

plataforma-P-56A plataforma P-56 da Petrobras ficou paralisada nesta quinta-feira, 21, até as 14h, por causa de uma explosão de um disjuntor em um painel elétrico, segundo o Sindicato do Petroleiros do Norte Fluminense (Sindipetro-NF), em texto publicado no site da Federação Única dos Petroleiros (FUP). Dois trabalhadores ficaram feridos. Houve um princípio de incêndio e a geração de energia foi suspensa com o acidente.

Segundo o sindicato, os técnicos de manutenção elétrica Randerson Gomes, de 46 anos, e Marcus Vinícius Rocha de Almeida, de 30 anos, funcionários da Petrobras, sofreram queimaduras de primeiro e segundo graus, nos punhos e nas mãos. As causas do acidente não são conhecidas, mas há a hipótese de falha no disjuntor.

“Os petroleiros passaram por avaliação médica à distância e foi recomendado o desembarque para os dois casos”, informou o Sindipetro-NF, em comunicado oficial. A Petrobras ainda não se pronunciou sobre o acidente.

estadão

Desemprego atinge 6,4% em abril

emprego

“O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) informou que a taxa de desemprego alcançou 6,4%, em abril de 2015, a maior desde março de 2011, quando alcançou 6,5%. Em março deste ano, a taxa foi 6,2%. A taxa faz parte da Pesquisa Mensal de Emprego (PME), que produz indicadores mensais sobre a força de trabalho nas seguintes regiões metropolitanas: Recife, Salvador, Belo Horizonte, Rio de Janeiro, São Paulo e Porto Alegre. Em relação a abril de 2014, a taxa ficou 1,5 ponto percentual maior (passou de 4,9% para 6,4%).

A população desocupada, correspondente a 1,6 milhão de pessoas, não apresentou variação em comparação a março deste ano. No entanto, em relação a abril de 2014, o quadro foi de elevação: o número de desempregados aumentou 32,7%, acréscimo de 384 mil pessoas.

Em abril deste ano, a população ocupada foi estimada em 22,8 milhões para o conjunto das seis regiões, refletindo estabilidade nas análises mensal e anual. No quarto mês de 2015, o número de trabalhadores com carteira assinada no setor privado (11,5 milhões) ficou estável na comparação mensal. Em comparação a abril de 2014, apresentou retração de 1,9% (219 mil pessoas).

O rendimento médio real habitual dos trabalhadores foi estimado em R$ 2.138,50. Este resultado foi 0,5% menor que o registrado em março (R$ 2.148,71) e 2,9% inferior ao obtido em abril de 2014 (R$ 2.202,08).”

(Agência Brasil)

FGV – Confiança da indústria recua pelo quarto mês consecutivo

industria

“O Índice de Confiança da Indústria (ICI) caiu 0,7% da série livre de influência sazonal em relação à prévia de abril. Este foi o quarto resultado negativo consecutivo. Os dados constam da prévia de maio da Sondagem da Indústria de Transformação divulgado hoje (21), pelo Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getulio Vargas (Ibre-FGV).

Os dados da FGV indicam que em abril o ICI já havia recuado 3,4% em relação ao resultado de março. Por sua vez, em março o ICI tinha recuado 9,2% em comparação a fevereiro, depois de ligeira recuperação de 1,9% no primeiro mês do ano, também na série livre de influências sazonais.

Com a queda da prévia de maio, o ICI ficou em 72,3 pontos, o menor nível da série mensal iniciada em outubro de 2005. Segundo a FGV, a prévia do resultado de maio foi influenciado principalmente pela piora das avaliações sobre o momento presente, com o Índice da Situação Atual (ISA) recuando 1,1% em relação a abril e atingindo 75,3 pontos. Já o Índice de Expectativas (IE) deve cair 0,3%, se o resultado se confirmar nos números do fechamento do mês, atingindo o menor nível da série histórica (69,4 pontos).

Já o resultado preliminar do Nível de Utilização da Capacidade Instalada (Nuci) indica um recuo de 0,9 ponto percentual, em abril e maio, ao passar de 79,9% para 79%, o menor nível desde maio de 2009 (78,9%). Para a prévia de maio de 2015, a FGV consultou 783 empresas entre os dias 4 e 18 deste mês. O resultado final da pesquisa será divulgado na quarta-feira (27).”

(Agência Brasil)

Receita Federal – Demora na votação do ajuste fiscal refletirá na arrecadação

dinheiro

“A demora na votação das medidas do ajuste fiscal refletirá na arrecadação dos próximos meses, aumentando o impacto das desonerações nos cofres federais. A avaliação é do chefe do Centro de Estudos Tributários da Receita Federal, Claudemir Malaquias. Segundo ele, a trajetória de queda na arrecadação pode continuar por mais tempo que o previsto caso o Congresso Nacional atrase a votação da medida que reduz a desoneração da folha de pagamento.

“Se a medida [provisória] da desoneração da folha for aprovada mais para o fim do ano, os efeitos [sobre o caixa do governo] serão menores neste ano e a maior parte do ajuste ficará para o ano seguinte. Isso tende a ser um complicador, porque os efeitos esperados para essas medidas estão sendo postergados”, disse o técnico da Receita Federal.

Originalmente, a Receita estima em R$ 104 bilhões a renúncia fiscal deste ano, decorrente de benefícios concedidos nos últimos anos. A medida com maior impacto será a desoneração da folha de pagamento, algo em torno de R$ 25 bilhões em 2015. De acordo com Malaquias, caso o Congresso atrase as votações a projeção poderá ser revista para cima. Ele, no entanto, afirmou que a Receita ainda não tem nenhum novo número oficial.”

(Agência Brasil)

Camilo Santana se reúne com representantes do Sindicato dos Médicos do Estado

 

medicosdoestadoO governador Camilo Santana recebeu nesta quinta-feira (21), no Palácio da Abolição, representantes do Sindicato dos Médicos do Estado do Ceará (Simec). Na ocasião, o governador ressaltou que as ações emergenciais já estão sendo tomadas. "Autorizamos R$ 60 milhões para tudo que os hospitais pediram. R$ 20 milhões por mês nos próximos 90 dias. Autorizei contratar leitos de retaguarda", disse. No entanto, ponderou que ações de longo prazo, como o formato da contratação de concurso público, precisam de diagnóstico e planejamento. "Estou contratando uma consultoria externa para fazer um diagnóstico mais forte e minha ideia é que possamos construir nos próximos 60 a 90 dias esse balanço para traçar os caminhos para o nosso Estado. A nossa auditoria vai ser clara com relação a isso, otimizar mais os recursos, diminuir o desperdício", explicou.

Camilo  reforçou ainda o compromisso para suprir as necessidades com o setor, de forma compartilhada entre Estado, Municípios e União. Dentre as medidas, está a criação de um comitê para avaliar de forma profunda a questão da saúde. "Com esse comitê e esse diagnóstico (auditoria), nós vamos planejar quais são os caminhos que nós precisamos traçar para o Ceará. Vamos envolver todos nesse processo de discussão, municípios, União, Estado, as entidades de classe”, disse.

O governador afirmou ainda que não tem medido esforços para reivindicar, junto ao Governo Federal, medidas para remediar os problemas: “Estive com a presidenta Dilma, apresentei todos os números da Saúde no Ceará. Mostrei a discrepância que existe nos números em relação aos últimos oito anos. Estarei na semana que vem com minha equipe para averiguar porque o Ceará é apenas o 22º estado em repasse de média e alta complexidade do SUS. Há necessidade de mais recursos, de olhar para essa área com mais delicadeza”.

Investimentos

RdentrosaúdeDurante o encontro, Camilo apresentou a evolução dos investimentos realizados pelo Governo do Estado, desde 2006 até agora. Durante todo o ano de 2014, foram investidos cerca de R$ 1,5 bilhão. Somados aos R$ 404 mihões oriundos do SUS, são aplicados no setor R$ 1,88 bilhão no Ceará. 

O governador relembrou o fato de que o Brasil passa por um subfinanciamento para a Saúde pelo Governo Federal. Atualmente, o Estado é responsável por arcar com 78% do que é gasto na Saúde do Ceará.  Em 2006, a cada R$ 1 repassado pela União, a proporção era de R$ 1 investido pelo Estado na Saúde. Já em 2015, a proporção aumentou para R$ 4 gastos pelo Estado a cada R$ 1 aplicado pela União no setor. Ou seja, enquanto os investimentos do Estado na área cresceram 412%, de 2006 a 2014, da União aumentou 61%.

Ainda assim, Camilo frisou que de janeiro a abril de 2015, foram investidos cerca de R$ 50 milhões a mais em comparação com o mesmo período de 2014 e houve um aumento de 52% no número de leitos no Ceará. Ele lembrou que o Estado é referência em todo o Brasil, dispondo de três hospitais regionais (Norte, Cariri e Sertão Central), 19 policlínicas (três estão em conclusão, em Canindé, Maracanaú e Crato), 22 UPAs 24h (mais duas serão inauguradas até julho deste ano) e 19 CEOs, além da rede de atendimento de Fortaleza.

O Ceará investe 15,77% do Orçamento em Saúde, superior a estados como São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais e Bahia, que aplicam em torno de 12%, percentual obrigado por lei.

Reunião

Além de apresentar os investimentos em saúde pública pelo Estado e citar medidas emergenciais, como a liberação de mais leitos de retaguarda, Camilo Santana ouviu as demandas dos médicos.  “Trabalho em um Governo de maneira aberta, com diálogo. A partir do momento que passa a eleição, sou governador de todos os cearenses. Sabemos o quanto é delicado o assunto da saúde. Antes de tudo, sou servidor público, meu interesse é servir, conversar, saber mais sobre interesse do médico, medicina preventiva e outras questões”, disse o governador.

Os representantes do Simec concordaram e disseram que querem fazer parte do comitê. "As ações emergenciais que eles sugeriram é praticamente o que já estamos fazendo. Contratar mais leitos de retaguarda, olhar um pouco para a gestão interna e nossos equipamentos", afirmou Camilo que citou também o estudo da criação da central de medicamentos.

Participaram do encontro o secretário-chefe do Gabinete do Governador do Estado, Élcio Batista; o secretário-chefe da Casa Civil, Alexandre Landim; o secretário da Saúde, Henrique Javi; o secretário da Fazenda, Mauro Filho; o secretário do Planejamento e Gestão, Hugo Figueirêdo; e o presidente da Assembleia Legislativa do Ceará, José Albuquerque.

 

Thiago Sampaio
Repórter / Célula de Reportagem
Giselle Dutra
Gestora de Célula/Secretarias
Coordenadoria de Imprensa do Governo do Estado - Casa Civil

Inscrições abertas para a VII Reunião do Fórum da Rede Cegonha

 

redecegonha_2013A Secretaria da Saúde do Estado está com inscrições abertas para a VII Reunião do Fórum Estadual da Rede Cegonha, que será realizada na sexta-feira, 29 de maio, no Auditório José Euclides Ferreira Gomes, 6º andar do Anexo II da Assembleia Legislativa.Clique aqui para fazer sua inscrição online. Com o tema “Redução da morte materna: Nós podemos!”, o encontro reunirá prefeitos, gestores e técnicos das secretarias estadual e municipais de saúde, diretores e profissionais de hospitais e maternidades, representantes do Ministério Público, Assembleia Legislativa, Tribunal de Justiça, Ministério da Saúde e Unicef.
No Ceará, a Rede Cegonha tem os serviços integrados em 17 Redes nas 22 regiões de saúde. É um programa do Ministério da Saúde que tem o objetivo de atender todas as brasileiras pelo Sistema Único de Saúde (SUS), desde a confirmação da gestação até os dois primeiros anos de vida da criança.  É uma Rede de cuidados que assegura às mulheres o direito ao planejamento reprodutivo, à atenção humanizada à gravidez, parto e puerpério e, às crianças, o direito ao nascimento seguro, crescimento e desenvolvimento saudáveis.


Assessoria de Comunicação da Sesa

População reclama de má qualidade da água

[NREGIONAL - 4]  DIARIO/NREGIONAL/1_MATERIAL<NREG04> ... 21/05/15

A água que escorre pelas torneiras das residências na sede do município é usada apenas para banhos e afazeres domésticos

Foto: Carlos Alberto Albuquerque

Campos Sales. A falta de qualidade da água distribuída aos consumidores deste município continua gerando transtornos e aborrecimentos aos usuários da Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece). Em Campos Sales, o líquido que escorre pelas torneiras residências é usado apenas para banhos e afazeres domésticos.

A água utilizada para o consumo humano e cozimento de alimentos é comprada de carros-pipas que atendem aos diversos bairros da cidade. Ao todo, são cerca de nove veículos que comercializam o produto, ao preço médio de R$ 1,00, vendido em latas de 18 litros e, embora a aparência seja boa, não há garantias de que seja própria para o consumo humano.

Na maioria dos casos, a água que chega às residências não possui coloração. O cheiro, no entanto, é forte, segundo afirmam os consumidores. Conforme os relatos, em épocas de chuvas, a coloração da água sofre modificações, chegando a ficar barrenta ou muito escura.

O problema vem sendo debatido há vários meses em audiências públicas realizadas pela Câmara de Vereadores do Município ou por meio de movimentos criados pela sociedade local. Entretanto, a população alega que nenhuma providência foi adotada até este momento pela Cagece, no sentido de resolver o problema que se arrasta.

“Eu moro aqui já faz muito tempo e nunca vi uma única pessoa consumir a água que é distribuída pela Cagece. Aqui em Campos Sales a das torneiras só serve para limpar a casa e para lavar roupa, e olhe lá”, afirma o comunicador Carlos Alberto Albuquerque. Radialista com vários anos à frente de um programa de entretenimento em uma rádio da cidade, ele diz receber inúmeras denúncias de ouvintes a respeito da falta da qualidade da água. “A reclamação acontece já faz muito tempo. Não tem quem suporte o cheiro da água quando as torneiras são abertas. O problema persiste sem que nenhuma solução seja adotada. Além da falta da qualidade, agora estão racionando à distribuição diária. O caso aqui é sério”, disse.

Consumo

O empresário Luiz Péricles, dono de um posto de combustíveis, diz se sentir lesado por pagar mensalmente a água que consome apenas de forma parcial. Ele informou que alguns proprietários rurais estão perfurando poços na tentativa de encontrarem água que possa ser utilizada para o consumo humano e de animais de criação.

A situação levou o Ministério Público do Ceará (MPCE) a encaminhar ofício à Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados do Estado do Ceará (Arce), solicitando fiscalização nos sistemas de água e esgoto do Município.

O promotor de Justiça Gleydson Leandro Carneiro Pereira, autor do pedido, apontou a necessidade de cumprimento do Artigo 129, II, da Constituição Federal, que trata sobre a necessidade de “zelar pelo efetivo respeito dos poderes públicos e dos serviços de relevância publica”. O representante do Ministério Público pediu que seja realizada uma avaliação técnica em torno da qualidade da água (nos aspectos físicos e odor) distribuída pela Cagece, desde o armazenamento ate o processo de filtragem e distribuição da água em Campos Sales.

A visita dos técnicos da Arce ao município está agenda para os dias 25, 26 e 27 deste mês. Serão realizadas inspeções de campo, levantamento e avaliações documentais, obtenção e análise de informações de dados gerais da área técnica e, ainda, identificação e referência de ocorrências operacionais.

Em Nota, a Cagece informou que possui pleno conhecimento da atual situação da sede do município de Campos Sales.

A Companhia ressaltou que, até o início deste ano, estava em tramitação processo que tratava da liberação de recursos da ordem de R$ 20 milhões que seriam destinados à implementação do projeto de reestruturação de todo o sistema de abastecimento de água da sede do Município.

No entanto, o recurso teve sua liberação cancelada pela Fundação Nacional da Saúde (Funasa), motivada por razões desconhecidas pela Cagece. Diante da negativa por parte da Fundação, a Companhia iniciou ações com recursos próprios voltadas para a melhoria da água tratada e distribuída à sede de Campos Sales.

Mais informações:
Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece)
Avenida Doutor Lauro Vieira Chaves, 1030
Telefone (85) 3101-1826
Vila União - Fortaleza

Roberto Crispim
Colaborador

Diario do Nordeste - Regional

Termina greve dos agentes de trânsito

Milagresgreveagentes2Movimento paredista foi um dos mais longos registrados no País, com um total de 180 dias

Milagres. A greve dos agentes de trânsito deste município, que já durava cerca de 180 dias, foi encerrada ontem. A decisão pelo fim do movimento paredista foi decidida durante assembleia realizada pela categoria, após o envio de propostas apresentadas pelo Executivo local, atendendo, em parte, as reivindicações apresentadas pelos agentes de trânsito, em dezembro do ano passado.

Na ocasião, foi solicitado o reajuste linear de 15% sobre o salário base; criação da Gratificação de Atividade de Trânsito (GAT) em percentual de 15% sobre o salário-base; criação da Gratificação de EPI (Protetor Solar) em 10% sobre o salário-base; melhorias nas condições de trabalho e estrutura do órgão e, ainda, melhorias na sinalização da cidade.

Também foi cobrada a realização de concurso público para agentes do órgão de trânsito municipal e que sejam realizadas mudanças em relação ao sistema de trabalho desenvolvido, como reestruturação na escala de serviço por dupla de agentes; redução da carga-horária para seis horas diárias, de segunda-feira a sexta-feira; criação da data-base; aquisição de mais viaturas (duas motos e um carro); e a criação de uma central de rádio.

Reunião

Na última terça-feira, na sede da Prefeitura, uma reunião envolvendo o prefeito do município, Hellosman Sampaio de Lacerda, e representantes do movimento grevista reabriu o canal de diálogo entre os agentes de trânsito e o Município, possibilitando, desta forma, a discussão de propostas visando o fim da greve dos servidores.

A proposta apresentada pelo Município garante aos servidores a fixação de salário-base no valor de R$ 1 mil e reajuste linear de 20%, criação da Gratificação de Atividades de Trânsito (GAT), no percentual de 15% sobre o salário-base, com implementação retroativa a janeiro de 2015; gratificação de horas extras no valor de R$ 280,00 e a Criação da data-base da categoria para 1º de Maio de 2016.

Em nota, a Prefeitura Municipal de Milagres afirmou que as propostas apresentadas encontram-se dentro das possibilidades financeiras do Município, bem como nos limites de gastos apontados pela Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), resultando e ganhos reais à categoria e no retorno das atividades dos servidores em prol do bem estar coletivo.

Como os agentes de trânsito retornam às atividades exatamente seis meses após a deflagração da greve, o movimento paredista se iguala à greve realizada pelos professores do Paraná no ano de 1993, quando estes permaneceram com suas funções paralisadas também pelo mesmo período de tempo.

Roberto Crispim
Colaborador

Diario do Nordeste - Regional


Edições Anteriores:

Março ( 2015 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31