xmlns:fb="http://www.facebook.com/2008/fbml" xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> BLOG DO CRATO | O Crato na Internet desde 2005
.

VÍDEO - Em breve, novos programas da TV Chapada do Araripe. Para ver edições anteriores, acesse o link: www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense - Clique em Curtir e Adicione a sua Foto !

31 julho 2014

PORTA-VOZ DO "HAMAS" ADMITE: USA PALESTINOS COMO ESCUDOS HUMANOS CONTRA ISRAEL


Líder do grupo terrorista Hamas enviou o seu próprio filho em missão suicida contra Israel

Quando se fala que o Hamas recorre a escudos humanos no confronto com Israel, o que provoca um grande número de mortos, muitos críticos da política israelense contestam o que é uma evidência. Dizem que essa afirmação faz parte da máquina de propaganda de Israel.

Porém, o jornalista Reinaldo Azevedo, em sua coluna no site da ‘Veja’, publicou o vídeo de uma entrevista, realizada no dia 8 de julho, com o porta-voz do Hamas, Sami Abu Zuhri, à Al-Aqsa TV, que é a televisão dos terrositas. (Veja o vídeo abaixo). Em um determinado momento o entrevistador pergunta se está sendo adotado o método dos escudos humanos, que foi bem-sucedido nos tempos do mártir Nyzar Rayan - um terrorista religioso do Hamas, que foi morto por Israel em 2009. Ele chegou a enviar um de seus filhos numa missão suicida, que matou dois judeus.

“Isso comprova o caráter dos nossos nobres, dos nossos lutadores da Jihad. São pessoas que defendem seus direitos e suas casas com o seu corpo e com o seu sangue. A política de pessoas que enfrentam aviões israelenses de peito aberto, a fim de proteger as suas casas, provou ser eficaz contra a ocupação (israelense). Além disso, essa política reflete o caráter dos nossos bravos, que são pessoas corajosas. Nós, do Hamas, convocamos o nosso povo para que adote essa política, a fim de proteger as casas palestinas”, disse o  porta-voz do Hamas, Sami Abu Zuhri.

“Aí está a confissão de que o Hamas adota a prática dos escudos humanos e, pior do que isso, faz dela uma política oficial. (…) Para o Hamas, a morte enobrece e prova a grandeza dos que oferecem o próprio corpo e o próprio sangue para a causa. Nessa perspectiva macabra, quanto mais mortes, mais, então, o movimento teria com que se regozijar”, declara Reinaldo Azevedo.


Na foto: terroristas executam cristãos e judeus

Israel recomenda saída de palestinos 

O Exército israelense recomendou nesta quarta-feira (16) que cerca de 100 mil habitantes do norte da Faixa de Gaza, cenário de uma ofensiva israelense que deixou mais de 200 mortos desde a semana passada, abandonem suas casas, informaram fontes militares. A medida afeta os habitantes das cidades de Zeitun, Shujaiya e Beit Lahiya. O aviso foi feito via ligações telefônicas, mensagens por SMS e panfletos informando que as regiões sofrerão ataques, segundo comunicado do Exército.

“Apesar do cessar-fogo, o Hamas e outras organizações terroristas continuaram lançando foguetes, muitos deles procedentes destas três zonas”, afirmam as mensagens do Exército. “Para sua própria segurança, solicitamos que abandonem suas residências imediatamente antes das 8h (2h de Brasília)”, afirmam os panfletos. A mensagem destaca que o Exército “não quer causar dano” aos habitantes destas cidades. Também nesta quarta, o governo da França apresentou a proposta de uma ajuda de fronteira nos pontos de passagem entre Gaza e Israel, anunciou chefe da diplomacia francesa, Laurent Fabius. O objetivo da iniciativa é permitir aos palestinos acesso a remédios, alimentos e assistência durante o conflito.

Bombardeios


Nesta terça, Israel retomou os bombardeios contra a Faixa de Gaza, depois de uma breve trégua, intensificando seus ataques após o registro da primeira vítima israelense. Ataques aéreos mataram mais cinco palestinos na madrugada desta quarta, segundo fontes médicas, elevando o número de óbitos no território a 202. O bombardeio de uma casa na cidade de Rafah, no sul da Faixa de Gaza, matou dois homens, e outro ataque aéreo vitimou um jovem na mesma região, disse o porta-voz dos serviços de emergência, Ashraf al Qedra.

Em Khan Yunis, no sul da Faixa de Gaza, a aviação israelense matou um homem e um jovem de 19 anos nesta madrugada, acrescentou o porta-voz. Horas antes, aviões israelenses bombardearam a casa de um alto dirigente do Hamas, Mahmoud al-Zahar, na cidade de Gaza, mas não havia ninguém na residência. Ao menos dois mísseis atingiram a casa de quatro andares de Al-Zahar, destruindo o prédio e causando danos a uma mesquita e a residências vizinhas, segundo testemunhas.

Os ataques israelenses também atingiram na cidade de Gaza a casa de Bassem Naim, outro alto dirigente do Hamas, e as residências em Jabalia, no norte, do ex-ministro da Saúde Fathi Hammad e do deputado Ismail Al Ashqar. A rejeição por parte do Hamas da iniciativa egípcia de cessar-fogo obrigou Israel a “expandir e intensificar” suas operações militares em Gaza, declarou na terça o primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu.


Fonte: Cimeb.com.br

Superávit fecha o primeiro semestre com o pior resultado em 14 anos



Enquanto a Receita cresceu 7,2% no semestre, despesas saltaram 10,6%. Segundo semestre exigirá muito esforço fiscal para atingir meta do governo.

Banco Central, Tesouro e Previdência fecharam o primeiro semestre com um saldo nas contas muito abaixo do esperado. O chamado “governo central” economizou tão pouco que foi preciso voltar no tempo para encontrar um resultado tão ruim.

A Receita está crescendo abaixo do que se desejava e a despesa está crescendo acima do que havia sido programado” analisa o economista Raul Velloso. O superávit ficou em R$ 17,2 milhões, metade do conseguido no mesmo período do ano passado. A poupança teve o pior desempenho em 14 anos atrás, desde 2000.

Olhando para o futuro, este segundo semestre de 2014 vai exigir muito esforço fiscal. Da meta de R$ 80 bilhões definida para o ano todo, o governo só fez 21% no primeiro semestre. Vai ter que dar conta dos outros quase 80% em apenas seis meses. O resultado fraco pode ser explicado por um cálculo simples. Os números do Tesouro confirmam: enquanto a Receita cresceu 7,2% no semestre, as despesas saltaram 10,6%. O economista Raul Velloso atribui parte da queda da Receita às desonerações tributárias que o governo concedeu a determinados setores da indústria, sem contrapartida no investimento.

“O governo achou que ele podia reativar a economia jogando gasolina na fogueira, que é jogando fogo no consumo. Só que o problema é muito mais complicado que isso. Era preciso criar as condições para o setor privado investir”, explica Velloso. Acredito que ele vai ter que se esforçar bastante, talvez até ter que usar um pouco de criatividade para chegar a esse resultado. E, se conseguir, ele deve ser alcançando de uma forma com receitas extraordinárias, não totalmente derivado do que seria um bom ajuste fiscal”  diz a economista Thais Zara. Apesar do desempenho ruim, o governo ainda mantém a meta de superávit para este ano. Conta com a entrada de pelo menos R$ 18 bilhões do Refis, o Programa de Refinanciamento de Dívidas Tributárias além de recursos que virão das concessões de rodovias e aeroportos e do leilão da tecnologia 4G. Só com o leilão do 4G, o governo estima arrecadar mais R$ 8 bilhões. Para a economista Thais Zara, as receitas extraordinárias ajudam, mas não significam um ajuste definitivo nas contas públicas.

Fabiano Andrade - Brasília, DF - G1


Homem invade churrascaria, mata ex-companheira, fere churrasqueiro e na fuga atira em policial e acaba morto


Tiroteio, mortes e duas pessoas feridas numa churrascaria no município de Missão Velha, na Região do Cariri. O caso ocorreu na tarde desta quarta-feira (30), quando José Laureano dos Santos, de 45 anos, chegou ao estabelecimento e depois de uma rápida discussão com ex-companheira atirou três vezes contra Diálida dos Santos Nascimento, que trabalhava como cozinheira do estabelecimento. Um dos disparos também atingiu nas costas o churrasqueiro Inaldo Farias da Silva.

Na fuga, José Laureano foi perseguido por policiais civis que estavam nas proximidades e ouviram os estampidos da arma de fogo. Ao receber voz de prisão, José Laureano atirou contra a viatura e atingiu na perna o policial civil identificado por André. Houve reação e José Laureano acabou sendo baleado no peito.

Ao chegar no local, os socorristas do Samu constaram a morte de Diálida dos Santos e de José Laureano. O policial civil e o churrasqueiro foram socorridos para um hospital em Barbalha. O caso será apurado pela delegacia municipal de Missão Velha.

Jornalista Flávio Pinto


Para você Refletir ! - Por Maria Otilia

Começa a Campanha Eleitoral mais importante para o nosso pais. E é neste momento que precisamos ficar de "olhos e ouvidos" bem abertos para a qualidade desta campanha.Infelizmente já estamos constatando algumas  campanhas intituladas " SUJAS". Como definir que algumas propagandas de alguns candidatos são de persuasão negativa, de falsas promessas, apenas  para ferir a imagem dos adversários políticos? Acredito que nem poderíamos definir como " adversários". Até porque muitos deles  mudam de partidos sem conhecer se quer a filosofia dos mesmos. Alguns candidatos  apenas migram para outras legendas pelo simples interesse de se dar bem.Por isso , particularmente, acredito não em  siglas partidárias,mas naquele Gestor que fez e faz a diferença como líder político.Daí a necessidade de avaliarmos o que está sendo veiculado.Vamos ficar alerta para  com  todos aqueles candidatos que por não terem a competência técnica e política para  elaborar sua plataforma de governo, passam a denegrir a imagem dos seus opositores.Apresentam fatos não comprovados, criticam programas e projetos sociais consolidados.Passam o período da sua campanha, mas preocupados com os problemas dos seus adversários e não com as suas propostas de governo para  a população. Este tipo de " candidato" merece nosso repúdio, nossa rejeição.
Agora é o momento de  apresentar o que foi feito de bom, o que precisa melhorar , o que não está funcionando.Construir propostas para dar continuidade as boas práticas de gestão e reavaliar outras não tão boas.
Vale ressaltar que mais preocupante do que "ficha suja" é o número absurdo de candidatos que se quer sabem o que é uma elaboração do desenho de uma agenda, da construção de políticas públicas, de um Projeto de Lei.Não saber definir o que é prioridade para gerar emprego- renda, qualidade de vida, direitos essenciais garantidos. E ás vezes querem iludir a população construindo os chamados " elefantes brancos" em que nada contribuem para a efetivação destes direitos.
Senhores candidatos, antes de  contratar seu marqueteiro, lembrem-se que quem tem  telhado de vidro não atira pedras em ninguém. Queremos uma campanha limpa, com propostas executáveis. Não adianta dizer que vai  " fazer o milagre dos pães e peixe ", porque  o que está sendo feito não funciona , porque foi idealizado e executado por outras pessoas.
 Leiam a fábula abaixo e façam uma boa reflexão.

                   A VIDRAÇA SUJA

Um casal, recém-casados, mudou-se para um bairro muito tranquilo.
Na primeira manhã que passavam na casa, enquanto tomavam café, a mulher reparou em uma vizinha que pendurava lençóis no varal e comentou com o marido:
Que lençóis sujos ela está pendurando no varal! Está precisando de um sabão novo. Se eu tivesse intimidade perguntaria se ela quer que eu a ensine a lavar as roupas!
O marido observou calado.
Três dias depois, também durante o café da manhã, a vizinha pendurava lençóis no varal e novamente a mulher comentou com o marido:
Nossa vizinha continua pendurando os lençóis sujos! Se eu tivesse intimidade perguntaria se ela quer que eu a ensine a lavar as roupas!
E assim, a cada três dias, a mulher repetia seu discurso, enquanto a vizinha pendurava suas roupas no varal.
Passado um mês a mulher se surpreendeu ao ver os lençóis muito brancos sendo estendidos, e empolgada foi dizer ao marido:
Veja, ela aprendeu a lavar as roupas, será que a outra vizinha a deu sabão? Porque eu não fiz nada.
O marido calmamente a respondeu:
Não, hoje eu levantei mais cedo e lavei a vidraça da janela!
E assim é. Tudo depende da janela, através da qual observamos os fatos. Antes de criticar, verifique se você fez alguma coisa para contribuir; verifique seus próprios defeitos e limitações. Devemos olhar, antes de tudo, para nossa própria casa, para dentro de nós mesmos.
Lave sua vidraça!
Abra sua janela!
É amigos!! Que possamos abrir nossa janela e enxergar realmente o que está acontecendo de verdade. Quando for falar a alguém de seu defeito que possamos ser críticos construtivos, no sentido de ajudar esse alguém a crescer, mas acima de tudo devemos olhar primeiramente nossos erros, nosso redor, para que possa arrumar o que é nosso primeiro. Vamos lavar a vidraça?
Uma história simples com um ensinamento de grande significado. O descuido com a limpeza não era da vizinha. É fácil jogar a culpa no outro. O problema é sempre do outro. Na história, a mulher não imaginava que era a sua vidraça que estava suja. A dificuldade em ver o meu problema faz com que eu não consiga solucioná-lo.
Autor desconhecido
                        O primeiro passo para levantar é ter a percepção da queda.




Autoridade em genética das abelhas na América do Sul profere palestra em Crato



Realizada na tarde de ontem, 30, no Centro de Convenções do Cariri, em Crato, palestra com o pesquisador argentino, Osvaldo Attela, geneticista especialista em Apicultura. Ele veio à Região, por meio da Universidade Federal do Cariri (UFCA) e contou com o apoio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo do Município do Crato. O evento teve a presença  de mais de cem participantes, entre apicultores, estudantes e pesquisadores da região, para tratar do assunto relacionado à genética das abelhas.

A palestra contou com representantes da secretaria. O Crato, atualmente se destaca na produção de mel, chegando a exportar o produto, considerado de alta qualidade, para o sul, sudeste e vários países, inclusive da Europa. O evento esteve ligado ao Curso de Agronomia da Universidade Federal, através do Centro de Ciências Agrárias da Biodiversidade.

O pesquisador, durante a palestra, apresentou um estudo de DNA mitocondrial, realizado com abelhas de regiões distintas da Argentina em parceria com a Universidade de Mursia, Espanha, com a finalidade de melhoramento genético, convidado pela empresa Matrunita da Amazônia. Atella tem desenvolvido trabalhos no Brasil relacionados a genética das abelhas africanizadas no Nordeste. O Professor argentino é considerado uma das maiores autoridades sobre o tema na América do Sul.

Fonte: PMC


Dilma diz que em próximo governo quer fazer reformas trabalhista e tributária


A presidenta Dilma Rousseff, candidata à reeleição pelo PT, disse hoje (30) a empresários que, se reeleita, fará uma reforma tributária “abrangente” para assegurar o crescimento sustentável da economia.

“Daremos prioridade a agenda da reforma tributária, tentaremos uma reforma abrangente,” disse a candidata.

Dilma foi a última candidata a falar na sabatina realizada nesta quarta-feira pela Confederação Nacional da Indústria (CNI). Antes, os empresários ouviram os candidatos Eduardo Campos (PSB) e Aécio Neves (PSDB). A confederação convidou os três candidatos mais bem colocados nas pesquisas de intenção de voto. A presidenta defendeu a desoneração e a não cumulatividade de tributos e uma reforma no Imposto sobre Circulação de Mercadorias e prestação de Serviços (ICMS). De acordo com a candidata à reeleição, é preciso construir um novo marco regulatório do trabalho para o século 21, “por meio do diálogo entre empresários, tralhadores e o Congresso”, voltado para a normatização e simplificação das relações trabalhistas e terceirização da mão de obra, “de forma correta e com segurança jurídica, mas sem precarizar o trabalho”, avaliou.

Dilma aproveitou a parte inicial de sua fala durante a sabatina para fazer um balanço das realizações do seu governo na área industrial com destaque para a desoneração tributária, concessão de créditos, incentivos por compras governamentais, educação técnica e científica, recuperação do planejamento e construção de marcos regulatórios, fim da burocracia e parcerias com o setor privado. A presidenta prometeu ainda que, se reeleita, vai intensificar a política industrial executada hoje e defendeu novas medidas institucionais para assegurar o investimento público e privado no setor.

“[É preciso] aprimorar os modelos de regulação, a promoção do mercado privado de crédito de longo prazo, instrumentos de garantia para investimentos em grandes projetos e o aperfeiçoamento do processo de licenciamento ambiental”, disse a candidata, que falou ainda em fim da burocracia e parcerias com o setor privado, a exemplo das parcerias público-privadas (PPPs).

Fonte: Agência Brasil


Carga tributária é nociva para a competitividade, diz Aécio Neves



O candidato à Presidência da República, Aécio Neves (PSDB) disse nesta quarta-feira (30) a empresários que é preciso recuperar a credibilidade do país e retomar o crescimento da economia. O candidato, que ocupa o segundo lugar nas pesquisas de intenção de votos, criticou o atual governo de não se preocupar com a carga tributária cobrada do setor privado que, segundo ele, “é um dos problemas mais nocivos para a competitividade”.

“Viemos, ao longo dos últimos anos, aprendendo, infelizmente, a conviver com o que poderíamos chamar de truques contábeis que minou o que é fundamental para o crescimento do país que é a credibilidade. Essa é uma palavra hoje em falta no Brasil. Se tivermos um ambiente externo que ajudou por alguns anos, tivemos atitude interna que nos levaram a um crescimento da inflação que já estoura o teto da meta. Para a economia, a previsibilidade é fundamental”, criticou.

O candidato tucano reconheceu que algumas estratégias adotadas no governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva ajudaram a alavancar a economia, mas atribuiu parte dos resultados à herança da gestão de Fernando Henrique Cardoso e também ao cenário internacional, diante da crise que afetou várias economias, que contribuiu para o crescimento do Brasil. Segundo ele, o país está passando por um processo de desindustrialização que não é “normal”.

Na abertura da sabatina, promovida pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), o ex-governador de Minas Gerais garantiu que muitas demandas do setor privado estão contempladas nas diretrizes de sua candidatura. A CNI apresentou 42 propostas aos presidenciáveis sobre dez áreas prioritárias para o setor para garantir a competitividade à indústria brasileira, como a redução do Custo Brasil e o aperfeiçoamento da política de concessões em infraestrutura.

Fonte: Agência Brasil



Um clássico dos nossos dias - Por: Emerson Monteiro


Aprendi do tempo que nunca se perca a chance de ser sincero, sobretudo quando isto vier do senso da justiça e lhe permita a satisfação de cumprir com o dever. Por tal motivo, quero falar um pouco desse clássico dos nossos dias, Dimas Macedo, nascido em Lavras da Mangabeira, jurista, poeta, historiador e ensaísta das letras cearenses. Ao modo desses costumes imediatos a que nos sujeitamos, na velocidade contemporânea, resenharei nalgumas poucas palavras o perfil de pessoa impar, devoto das artes e letras, respeitado nos rincões acadêmicos das nações do mundo ocidental.


Vida intensa, magnânimo naquilo que exerce na vida pública, se destaca no âmbito profissional das hostes jurídicas do Ceará, além de produzir poemas inspirados e definitivos, de subscrever vasta obra crítica, destaque no afã de testemunhar a escritura nacional e internacional com maestria dos clássicos.


Dimas conta na sua bagagem com os livros de poemas: A Distância de Todas as Coisas, Lavoura Úmida, Estrela de Pedra, Liturgia do Caos, Vozes do Silêncio, Sintaxe do Desejo, O Rumor e a Concha e Guadalupe. E livros de crítica literária ou ensaios: Leitura e Conjuntura, A Metáfora do Sol, Ossos do Ofício, Crítica Imperfeita, Crítica Dispersa, Ensaios e Perfis, A Letra e o Discurso, Crítica e Literatura, A Brisa do Salgado e.
 Afonso Banhos: Ensaios de Filosofia

Sua participação em publicações inúmeras, associações, movimentos culturais, missões e conferências pelo mundo; poemas e textos traduzidos em vários idiomas, com divulgação em órgãos de conceito nos tantos países que frequenta com naturalidade; exercício da cátedra nos campos da Literatura, do Direito e da Filosofia; fazem desse autor personalidade exponencial da cultura brasileira, gigante da sapiência de nossa gente durante história de êxito por muitos bem respeitada e aceita.

Nisso, me valho dos ditames da consciência da verdade quando ora dedico estas palavras no intuito de enfatizar a inestimável presença do professor Dimas Macedo, culto defensor da melhor produção dos pensadores desta época, prazer  de quem aprecia buscar a calma do dever cumprido qual razão de apaziguar o espírito de meu próprio tempo.

Aracati acolhe caravana de Eunício 15 nesta quinta-feira




A cidade de Aracati recebe, nesta quinta-feira, 31, a candidatura de Eunício 15 Governador. Pela manhã, a partir das 10h, uma caminhada está programada para movimentar o importante município do litoral leste.

Inserida na Mesorregião do Jaguaribe, Aracati é conhecida mundialmente por suas belas praias, pela rica cultura popular e pelo fervor da religiosidade de seu povo. Canoa Quebrada, Majorlândia e Quixaba estão nos roteiros turísticos do Brasil e do mundo, bem como o carnaval e as festas religiosas. O núcleo urbano de Aracati foi tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) em 2000.

Aracati é berço Chico da Matilde, mais conhecido como Dragão do Mar, líder do Movimento Abolicionista Cearense, que enfrentou o império para dizer que a partir daquele momento nenhum navio desembarcaria negros escravos no Ceará. Ao lado do ex-prefeito Expedito Ferreira, Eunício vai caminhar pelas ruas de Aracati apresentando suas ideias e, essencialmente, ouvindo a população

Assessoria de Comunicação do candidato Eunício Oliveira
Enviem os releases para o e-mail:  blogdocrato@hotmail.com


Agenda do candidato Camilo Santana desta quinta-feira, 31 de Julho



Agenda desta quinta-feira (31)  do candidato ao governo do Estado pela coligação "Para o Ceará seguir mudando", Camilo Santana. Participam da programação a candidata a vice-governadora, Izolda Cela, e o candidato ao Senado, Mauro Filho.

Agenda 31 de julho

1) Guaiuba
     Caminhada
     Local: Centro
     Horário: 9 horas

2) Mulungu
     Caminhada
      Local:Centro
      Horário: 11 horas
   

3) Redenção
     Caminhada    
     Local: Centro
     Horário: 15 horas

4) Fortaleza
     Inauguração do Comitê do deputado federal André Figueiredo
     Horário: 19 horas

5) Fortaleza
     Lançamento do Site da coligação "Para o Ceará seguir mudando"
     Local: Comitê Central (Avenida Sebastião de Abreu, 180)
     Horário: 19 horas

5) Acaraú
    Caminhada
    Local: Centro
    Horário: 20 horas

Coordenadoria de Comunicação
Coligação "Para o Ceará seguir mudando"
Ana Cristina Cavalcante
Foto ilustrativa



NO CRATO - Têve tiroteio a noite toda ?



Crato está se tornando mesmo uma cidade muito perigosa, muito violenta. Muito diferente daquele "cratinho de açúcar" que conhecemos no passado. Estou em contato com vários amigos que moram fora, via Facebook, pessoas de mais idade, que pensavam em ainda vir terminar os seus dias morando numa cidade tranquila, mas essa possibilidade está cada vez mais remota.

A nossa amiga Alessandra Bandeira nas redes sociais faz um apelo às autoridades com relação ao sítio bebida nova, em Crato, que segundo diversos relatos, enfrenta o mesmo clima das favelas do Rio de Janeiro:

"Ate quando o poder público, a polícia e a sociedade Cratense vão se cegar pra a triste realidade da Bebida Nova? Quase uma guerra civil, tiroteio, mortes, pessoas reféns disso tudo? Abandonando suas casas com medo de morrer ??? Porque esse desprezo ??? Porque o abandono ?"

Alguns comentários do pessoal que acompanhou a postagem:

Alê Bandeira - Domingo um foi assassinado, ontem foi tiroteio a noite toda

Carol Barbosa - Posso falar que já fui ao inferno ...pq já fui lá ...tem 2 anos que mataram estupraram uma criança de 10 anos e agora querem matar o Pai ...Ahhhh a Polícia passa lá bem rápido com o vidro fechado ...

Alê Bandeira - Carol Barbosa fui la hj, pânico esta grande já tem moradores abandonando suas casas com medo de morrer, cada relato que vc chora.

Iara Aragao - Valha, que coisa

Alê Bandeira - Muito triste vc ver o que esta acontecendo , lembra aquelas guerras de familia que tinha no exu.

Iara Aragao - E nem saiu nos noticiários né?ou saiu?

Alê Bandeira - Não sei dizer

Alê Bandeira - Breno a situação la ta critica e se não fizer nada daqui uns dias a coisa tomara um rumo que temo ate pensar

Lá vamos nós:

É triste constatar que os tempos por aqui são outros, e que este tema da violência já foi exaustivamente abordado e sem esperança alguma de solução, porque envolve causas sociais, de formação, envolve também a segurança pública, a impunidade. Há uns 20 anos, no tempo de meu pai, ele já dizia que em breve veríamos esse tipo de coisa também nas pequenas cidades, tiroteios, pessoas sendo assaltadas em plena luz do dia, e na verdade, já chegamos a isso. Quem vive no Cariri hoje, vive com medo. Estive estes dias conversando com um policial da Civil, e este me disse que se for comparar os índices de criminalidade do Crato de um ano para cá, o aumento foi alarmante, ele citou tipo 200, 300 por cento, e segundo ele, no caso dos assaltos de rua, a maioria é de adolescentes, bandidos mirins que vêm do Juazeiro, assaltam no Crato e retornam com o produto do assalto para lá. 

Deixamos aqui o nosso apelo para que os órgãos de segurança da região e do Estado, tomem providências não só com relação aos últimos acontecimentos, mas de forma mais ampla. A sociedade não pode se tornar refém desse tipo de violência.


Notícia de que pastor teria se afogado ao tentar andar sobre as águas é falsa



O site Gospelmais no início desse mês de janeiro havia publicado a notícia, baseada informações da revista Celebrity, de que um pastor identificado como Franck Kabele, de 35 anos, teria se afogado em uma praia de Libreville, na República do Gabão, ao tentar repetir um dos feitos mais marcantes de Jesus e andar sobre as águas.

De acordo com a notícia, uma testemunha havia afirmado que o referido pastor recebeu uma revelação de que, se sua congregação tivesse fé suficiente, eles poderiam andar sobre as águas como Jesus. Porém, o site em sua página, constata que a notícia não é verdadeira e se trata, na verdade, de um boato criado pelo site Daily Record em 2006, e que recentemente foi republicado como verdade pelo site europeu de celebridades MJ Celebrity Magazine no final de dezembro de 2013.

Segundo o site e-Farsas a matéria original publicada em 2006 no Daily Record foi retirada do ar em 2007. O site de notícias Information Nigeria também reproduziu a matéria no início desse ano, fazendo com que a notícia se espalhasse ainda mais rápido como sendo verdadeira.

Fonte: Site Gospelmais


30 julho 2014

Profissionais da educação fazem assembléia e caminhada pelas ruas do Crato






Aconteceu hoje ( 30 ) em Crato, uma assembléia dos profissionais da educação no Palácio do Comércio ( Associação comercial ) às 08:00. 

O evento, chamado de o Dia D em Prol das bandeiras da educação teve a participação de professores, merendeiras e auxiliares administrativos, em consonância com as entidades Estaduais FETAMCE e CUT/CE. Os manifestantes reivindicam a seguinte pauta:

01 - Apreciar e votar a proposta que a prefeitura deverá enviar quando a majoração do percentual de regência de classe atualmente em 8% sobre o salário-base, para 20%;

02 - Apreciar e votar a proposta que a prefeiura deverá enviar sobre o repasse da diferença salarial do piso para todos os profissionais do magistério, reivindicado pela categoria através do ofício número 117/2014, no percentual de 14,18%

Logo após a assembléia, os professores e outros profissionais da educação realizaram uma caminhada pelas principais ruas da cidade.

Dihelson Mendonça
Com informações adicionais do SINDSMCRATO
Fotos: Pedro Ivan Correia e Sindsmcrato


Águas do Castanhão têm 36% de reservas


Açude chega ao 3º ano de seca com 2,4 bilhões de metros cúbicos e expõe mais escombros da antiga Jaguaribara
  
Jaguaribara. O Açude do Castanhão, localizado neste município, já perdeu 1 bilhão de metros cúbicos de água de abril de 2013 para cá. Pelos efeitos do terceiro ano consecutivo de seca, as reservas hoje ficam em torno de 36%. Atualmente, são verificadas 2,4 bilhões de metros cúbicos, quando a capacidade total é de 6,7 bilhões de metros cúbicos. Pouco mais de um ano depois da última visita, exatamente em abril do ano passado, a reportagem do Diário do Nordeste, voltou a visitar as ruínas da Velha Jaguaribara, cidade desocupada em 2001 para dar lugar ao açude Castanhão. Com 36% de suas reservas, está bem abaixo dos 50% registrados na primeira visita ao local.

Desta vez , para chegar a Velha Jaguaribara seguimos por uma antiga rodovia estadual, que ligava a BR-116 até a sede do município. Não há, porém, registros da via atual mapa do Departamento Estadual de Rodovias (DER), atualizado em 2011, ou qualquer placa que identifica a rota. Apenas dois velhos pontos de ônibus abandonados à margem da BR dão acesso ao lugar. O pouco que restou da malha asfáltica é utilizada por pescadores. Quem nos guiou foi o professor Xavier Silva, antigo morador da cidade e hoje reside na Península do Curupati, no Castanhão. A viagem demorou 40 minutos. Pelo caminho é possível ver os efeitos dos anos de severa seca na vegetação. Onde havia água hoje é seco. Árvores que ficaram submersas durante mais de uma década hoje estão expostas. O chão úmido criou algum pasto onde hoje serve para alimentação do gado.

Redução

Chegando ao local registrado pela reportagem há mais de um ano, havia água bem ao lado de onde ficava a caixa d'água que abastecia a cidade. O volume do açude, na época com 3,3 bilhões de m³, ainda cobria vários pontos da antiga cidade. Desta vez a água já havia recuado cerca de 100 metros de onde era a margem, deixando ainda mais à vista vários escombros. Xavier se surpreendeu com o que viu. Depois de alguns minutos caminhando entre os escombros, ele tentava se situar, ou achar algo que trouxesse suas lembranças de volta. Da visão da caixa d'água ele descrevia como era antigamente, recolocando na imaginação cada coisa em seu lugar. "Aqui onde era a caixa d'água era chamada de Vila. Minha vó morava naquela rua", disse ele apontando para um trecho de calçamento que ainda havia pelo chão.

Hoje não só mais postes podem ser visíveis, a entrada da antiga escola, a quadra da comunidade, alicerces de casas, prédios públicos, ruas, pontos de ônibus, tudo que era cidade hoje se resumiu a uma pilha de tijolos e ferro destorcido. "Isso não foi feito para gente", desabafa Xavier, referindo-se à utilidade do Castanhão. "O que nos revolta é que não nos beneficiou em nada esse projeto. Muitas comunidades não tem água, porque essa água já tem destino. É para a capital", lamenta.

Xavier mora em uma das comunidades reassentadas de Jaguaribara, na península do Curupati, que fica dentro do açude Castanhão. Lá, não chega água tratada. Tudo o que foi prometido pelo Governo, na época, não foi cumprido.

Fonte: Jornal Diário do Nordeste


Tributo a uma liderança - Por: Emerson Monteiro

Conheci Benvindo da Costa Melo no início dos anos 80. Ele viera a Crato representando a Comunhão Espírita Cearense no I Encontro dos Espíritas Caririenses. Desenvolveu trabalho digno de nota, prenúncio do crescimento regional que hoje representam os centros espíritas em atividade no Cariri.

Daí se formou amizade duradoura, consolidada muitas vezes nas chances de um relacionamento promissor. Desde cedo percebi o valor que possuía essa figura humana. Baiano de Guanambi, Estado da Bahia, jovem ainda moraria no Ceará, que amou como seu natural, aqui pontificando uma obra de vasta solidez.

Realizou o trabalho de instalação definitiva do Espiritismo, por meio de atitudes tais como a fundação do Clube do Livro Espírita de Fortaleza – CLEF; a manutenção, por várias décadas, da Comunhão Espírita Cearense, ao lado de outros e laboriosos companheiros; a criação da Federação Espírita do Estado do Ceará; a edição do jornal Fortaleza Espírita, depois transformado em Ceará Espírita; a fundação das livrarias espíritas Roteiro e Sinal Verde; e a divulgação, através da palavra e da mediunidade de cura e do aconselhamento, nos centros da Capital e dos municípios cearenses.

Homem dotado de inteligência brilhante e espírito simples, Irmão Benvindo, deferência carinhosa que lhe damos, possuía o carisma próprio do líder mais sapiente. Orador objetivo, fluente, jamais mediu esforços para atender aos convites para visitas e palestras, inclusive noutros estados distantes. Autor de muitos artigos doutrinários, escrevia em estilo elegante, comunicativo, acessível a todos. Essas qualidades caracterizam a força de sua personalidade; no entanto, detalhe precioso resta acrescentar, o seu talento de conselheiro, bom pai de família e esposo, que exercitou de modo persistente na vida, com ânimo e cultura.

Vejo-me, portanto, no dever de trazer estas palavras sobre Benvindo Melo, num reconhecimento público do trabalho que desenvolveu, dando de si, sem pensar em si, o que bem pode reafirmado através de muitos testemunhos. Entusiasta, persistente, buscou se pautar, com alegria e boa disposição, os compromissos que desenvolveu com maestria.

No Ceará, Ciro atira em Eunício e acerta em Cid?


O divertido da lógica política é que ela tem olho de lógica, nariz de lógica, boca de lógica, palavreado de lógica, mas é incoerência pura. Nada mais divertido, por exemplo, do que tentar acompanhar o pensamento lógico de Ciro Gomes. É tão profundo que dificilmente é atingido pelo cérebro.

Na noite desta terça-feira (29), Ciro participou da inauguração do comitê de campanha do petista Camilo Santana, que disputa o governo do Ceará como candidato do governador Cid Gomes. A certa altura, Ciro esculachou o peemedebista Eunício Oliveira, que encabeça a coligação adversária.

“Eu não respondo pelo Camilo”, disse Ciro. “Respondo unicamente por mim. E vou falar o que penso. O que está em jogo é entregar o governo a um aventureiro, lambanceiro e mentiroso. Não podemos entregar o governo a alguém que quer usar o espaço para enriquecer ainda mais. Daquele outro lado tem uma mistura de pinóquio com irmão metralha. Um petralha, um pinotralha.”

Até anteontem, Eunício era um dos mais festejados aliados do grupo político dos irmãos Gomes. Cid dizia em público que lhe tinha eterna gratidão. Num comício, o governador referiu-se ao híbrido de “pinóquio com irmão metralha” em termos enobrecedores. Num trecho levado à internet por correligionários de Eunício, Cid diz coisas assim:

“Eu devo profundamente ao Eunício Oliveira, esse senador que vocês devem se orgulhar muito de ter no Senado Federal. Eunício me deu, numa hora decisiva, o apoio decisivo para que eu pudesse ter o sonho de governar o Estado do Ceará. […] Eu estarei muitas vezes com Eunício, no futuro, em muitas lutas pelo Estado do Ceará e pelo Brasil.”

Considerando-se que Eunício patrocinou a nomeação de vários apadrinhados para cargos na administração de Cid, é incontornável a tentação de levar a lógica de Ciro às últimas (in)consequências. Seu irmão entregou pedaços do próprio governo a prepostos de “um aventureiro, lambanceiro e mentiroso”, cujo projeto de vida é “enriquecer mais.” Quer dizer: pela lógica de Ciro, Cid está mais para cúmplice do que para administrador público.

Do Blog do Josias, nesta quarta-feira, no Site UOL ( Via Eliomar de Lima )


Cariri Garden Shopping lança exposição para amantes e admiradores da velocidade


O carro de Mario Andretti está na exposição.



O Cariri Garden Shopping proporciona aos seus clientes e frequentadores mais uma grande exposição. Na verdade, uma obra de arte para amantes e admiradores da velocidade que vai marcar a passagem dos Dia dos Pais, na Região do Cariri. A "VeloCut" conta a história do automobilismo nacional nas útimas décadas, com troféus, pain´´eis, vídeos e memoriais de campeõs, além do carro original da Fórmula Indy de Mario Andretti. A abertura da exposição ocorreu na segunda-feira (28) e nesta manhã de quarta-feira (30), foi apresentada durante café-da-manhã à imprensa, sob a coordenação do gerente de marketing do empreendimento, Eduardo Duffles.



Capacete usado por Ayrton Senna e réplicas de troféus estão na exposição.  

E com a chegada do mês dos pais, o centro de compras administrado pela Tenco Shopping Centers, lançará a campanha especial 2014 e trará novidades, como forma de prestigiar os clientes que vão ao local, com diversas opções para a data. A exposição é inédita e será  um atrativo interessante, além das grandes promoções para o período. “Estamos sempre na busca de novidades para oferecer opções diferenciadas para a população em nosso espaço”, diz Eduardo Duffles. Ele destaca ainda que, o shopping recebe diariamente cerca de 19 mil visitantes a cada dia de funcionamento e mais de 25 mil somente aos finais de semana, além de abrigar 6 mil veículos no estacionamento. Ou seja, a expectativa nas duas semanas de exposição é que o público que passe pelo shopping chegue a cerca de 550 mil pessoas.



Eduardo Duffles espera 550 mil pessoas passem pelo shopping.  

Via Jornalista Flávio Pinto ( texto e Fotos )


Eduardo Campos diz que atual modelo político do País “esclerosou e faliu”


Terceiro colocado nas pesquisas de intenção de voto, o candidato do PSB à Presidência da República, Eduardo Campos, disse nesta quarta-feira (30), a empresários da indústria, que o atual modelo político do país, baseado na coalizão de partidos, “esclerosou e faliu” e, por isso, precisa ser revisto para viabilizar as mudança que possibilitem tornar o país mais competitivo. “Precisamos compreender que a solução antes da economia é na política”, disse. Além de Campos, foram convidados para a sabatina os candidatos de PSDB, Aécio Neves, e do PT, Dilma Rousseff.

Durante abertura de sabatina dos presidenciáveis promovida pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), Campos prometeu comandar uma reforma política que acabe com “essa lógica patrimonialista, fisiologista e atrasada que tem a cabeça no século 19”.

“Não tem solução para o que está aí, sem um debate político profundo no Brasil. O padrão político de governança esclerosou, faliu e não vai dar uma nova agenda de competitividade para a economia brasileira. O novo padrão político que se exige é um software que compreenda o que acontece no mundo para levar o Brasil a um ambiente seguro para investir e que anime os investidores”, discursou Campos.

Ministro no governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, Campos criticou o atual modelo de gestão petista que, segundo ele, levará o país para trás. “O presidencialismo de coalização não vai levar o Brasil a um bom lugar. Só levará o Brasil para trás. Eu tenho a confiança de dizer aos empreendedores brasileiros que eu e a Marina [Silva, indicada a vice] representamos a única possibilidade de quebrar o presidencialismo de coalizão e unir o país em torno de uma nova visão de desenvolvimento e governança”.

Fonte: Agência Brasil


Suspensa liminar que obrigava Estado a aumentar efetivo policial no Interior



O vice-presidente do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE), desembargador Francisco Lincoln Araújo e Silva, no exercício da Presidência, suspendeu liminar que obrigou o Estado a aumentar o contingente de Polícia Militar do Município de Santa Quitéria para 50 policiais, dotando a Companhia de Polícia Militar com quatro motos e uma viatura e a designar dois escrivães e três inspetores de Polícia Civil, devidamente concursados.

Além disso, deveria providenciar armamentos adequados e em funcionamento, munições, rádios comunicadores, computadores ligados em rede e materiais de escritório para a Polícia Militar; computadores, telefone e outros materiais para a delegacia do município.

De acordo com o processo, o Ministério Público estadual ajuizou ação requerendo, em sede de antecipação de tutela, a readequação da Companhia de Polícia Militar, com o aumento do contingente e do número de motos e viatura. Pleiteou também a designação de inspetores e escrivães para a delegacia. Em fevereiro de 2014, o juiz José Valdecy Braga de Sousa, titular da 1ª Vara da Comarca de Santa Quitéria, obrigou o Estado a implementar as medidas, no prazo de 30 dias, sob pena de multa diária de R$ 5 mil.

Inconformado, o Estado interpôs pedido de suspensão de liminar por considerar violação à separação de poderes. O desembargador afirmou ainda que ficou “configurada a lesão à economia pública, tendo em vista que a atuação da Administração Pública é sem dúvida delimitada por previsões orçamentárias".

Fonte: Tribunal de Justiça do Estado do Ceará




Além da esfinge - Por: Emerson Monteiro


Fora aquela decerto a terceira vez que lia o mito de Édipo. Persistia nos meus pensamentos o mesmo travo das coisas inacabadas continuarem rondando os dias, horas a fio, nalgumas perguntas teimosas. Que decifrar, ou devorar maroto, interesseiro, totalitário, da esfinge colossal, metade gente, metade fera.

Volta e meia, nas margens de qualquer estrada, nem que fosse dessas variantes sertanejas de cancelas e cerca de faxina, postada na pose clássica do quase bote iminente, lá surgia nos olhos do pensamento a milenar mulher, misto de suçuarana indomável, a lançar a interrogação astuciosa:


- Decifra-me ou te devoro, seu animal inferior!


Não que inexistisse coerência no drama grego do monstro de estrada, não. Longe de eu questionar a esse ponto. Também pudera, moço, querer tanto e tão distante. Pensava no espaço aceso da consciência o que seria, na verdade, a resposta de Édipo, que, no meu entender, seria insuficiente para cumprir em cheio a exigência do terror de Tebas, que, nem por isso, ao receber a resposta, satisfeita no desencanto, jogou-se no abismo, libertando a todos do medo que causara longo tempo.

Explico melhor, pois diz a lenda que Édipo decifrou como sendo o ser humano o tal bicho do enigma, de qual o animal que de manhã anda com quatro patas, à tarde, com duas, e à noite, com três. Daí nascendo um enigma ainda maior, o de que seria o homem. Só ser é pouco. Quem é o homem, enfim, essa carcaça elaborada em queda livre no abismo do infinito?

E a esfinge correu para a morte, ela própria sendo morte. Com isso libertava os tebanos para seguirem vivos, expostos à própria sorte, esfinges vivas no trilho da eternidade. Enigma dos enigmas, de longe instransponível, raça de homens no caminho da Tebas celeste.

É isto, bem isto, a persistir na interrogação do enigma que considero mais definitivo e cruel, aos tantos aventureiros da jornada do que apenas aquele das quebradas do oriente grego.

Jogo esquerdista: Se não for do meu jeito, é contra os pobres. Por: Luciano Henrique.

26 DE AGOSTO DE 2013


Como chantagistas emocionais, os esquerdistas precisam apelar às emoções humanas, como empatia,  mesmo que precisem mentir até dizer chega. Neste caso, eles dirão que estão do lado dos pobres, e você, do lado dos ricos.

A dinâmica é sempre a mesma. O esquerdista irá fazer uma proposta de inchaço estatal, e, em seguida, dirá que este inchaço é para “ajudar os pobres”. E mesmo que ele não faça uma proposta de inchaço estatal, irá, ao mesmo, lutar para manter o inchaço existente.

Quando você contestar o inchaço estatal, ele irá lhe posicionar para a platéia como inimigo dos pobres. Ele, o “amigo dos pobres”, dirá que toda a questão agora se resumiu entre ser amigo dos pobres ou inimigo deles, o que é o mesmo que dividir a questão entre inimigo dos ricos ou amigo dos ricos. Nesse momento, frases como “você não quer ajudar os pobres” ou “você não liga para a miséria humana” se tornarão clichês evidentes.

Para não dizerem que estou exagerando, observem os frames utilizados no discurso de um esquerdista petralha que postava aqui na caixa de comentários deste blog: “Vocês são anti-governo trabalhista, anti-políticas sociais, anti-ascensão dos padrões de consumo dos mais pobres… não querem ver as classes ‘inferiores’ subindo na vida… meu Deus, como isso é ridículo, é de um egoísmo irreal, bruto e tacanho, é de uma falta de compaixão tremenda… vocês não tem solidariedade… e um dia tudo será feito por meio do estado”.

Como podemos ver, há uma omissão de informações a toda vez que o esquerdista usa o mesmo tipo de discurso, mas eles sempre deixam a pista de que estão praticando uma fraude.

Não é que a questão é definida entre ajudar os pobres X não ajudar os pobres, mas sim ajudar os pobres via ação estatal X ajudar os pobres via ação privada. Sim, esse é o detalhe que eles omitem. Na verdade, os esquerdistas usam os pobres apenas como pretexto para inchaço estatal, e a direita quer superar esse inchaço estatal, buscando outras maneiras de ajudar os pobres.

Se a direita fosse contra os pobres, não iria ganhar de lavada dos esquerdistas na ajuda voluntária a eles, como demonstrou Ann Coulter tempos atrás ao citar o ótimo livro “Who Really Cares?”, de Arthur Brooks.

Vamos aos fatos. Com o inchaço estatal, realmente é possível que alguma assistência seja dada aos pobres. Mas na verdade os esquerdistas poderiam criar uma espécie de Rotary de esquerdistas, e fazer assistencialismos mais vastos, sem depender do estado para ajudar os pobres, e sem criar receita para aparelhamento estatal, corrupção e lobby. Assim, a direita continuaria buscando sua forma voluntária de ajudar aos pobres, e os esquerdistas poderiam buscar as suas, envolvendo inclusive a criação de fazendas comunitárias, empresas sem lucro e casarões habitados por 30 famílias.

Em suma, ajudar aos pobres não implica em inchaço estatal, a não ser que os pobres estejam sendo usados como pretexto para inchar o estado, que é o que ocorre com toda instância deste jogo esquerdista. Desta forma, eles mentem ao dizer que a questão é dividida entre ajudar ou não os pobres, mas sim em inchar ou não o estado.

Neste jogo, portanto, o esquerdista irá omitir os fatos para esconder sua real intenção (inchar o estado), para fingir que ele quer ajudar os pobres, mas a direita não. Evidente é uma falácia do falso dilema, onde são dadas duas opções: (1) ajudar os pobres, inchando o estado, (2) se recusar a ajudar os pobres, não inchando o estado. Em outras palavras, o esquerdista bate o pézinho dizendo: “Se não for do meu jeito, você é contra os pobres”.

Tudo não passa de uma chantagem emocional grotesca e extremamente imoral, fazendo uso da triste situação das pessoas que vivem sob condições precárias como um pretexto para um baita de um negócio. Sim, pois o inchaço estatal não passa de um grande negócio para dar poder a burocratas.

É claro que existem muitas outras formas de ajudarmos os pobres, e de maneira muito mais eficiente do que inchando o estado. Mas aí é que podemos notar que o esquerdista não tem interesse de fato em ajudar os pobres, a não ser que isso seja feito via inchaço estatal.

Para tirar a dúvida, oferte a ele desafios neo-esquerdistas, e veja se ele vai aceitar. Com certeza, ele não aceitará, pois como já disse, o interesse do esquerdista é inchar o estado, e o discurso de “ajuda aos pobres” é apenas um pretexto.

Abusar da miséria humana como pretexto para dar poder a burocratas. A isso se resume o discurso de um esquerdista.

Fonte: http://lucianoayan.com/

DILMA - Explica porque guarda R$ 152 mil em dinheiro ''em casa''




Fonte: TV UOL

29 julho 2014

BlogHumor - Notícias do Mundo Cão







Av. Padre Cícero Km 5 hoje pela manhã.
Em meio ao trânsito surge vários cães cortejando uma cadela em busca de um momento de prazer carnal e perpetuação da espécie. Ao cruzar a avenida um foi atropelado e ficou com seu corpo sem vida no asfalto.

José Atailde Figueiredo


País tem 18,8 milhões de assinantes de canais de TV paga



O Brasil fechou o mês de maio com 18,8 milhões de assinantes de canais de televisão paga, segundo dados apresentados hoje (29) pela Associação Brasileira de Televisão por Assinatura (ABTA). Com relação a maio do ano passado, houve aumento de 10,8% no número de assinantes.

Os dados mostram que a receita bruta de televisão por assinatura, incluindo mensalidade, banda larga e publicidade, chegou a R$ 7,5 bilhões no primeiro trimestre do ano, um aumento de 15,4% ante o mesmo período do ano passado.

Segundo o presidente da ABTA, Oscar Vicente Simões de Oliveira, um dos problemas enfrentados pelo setor atualmente é o roubo de sinal de TV, prática que, de acordo com ele, teve um aumento substancial no país.

“Essa prática cria uma evasão de receita para as empresas, danifica a qualidade para quem paga, cria evasão fiscal e alimenta o crime organizado. A ideia romântica do gatonet, do sujeito que puxava um fio para roubar o sinal da TV a cabo, já passou. Agora isso envolve uma complexidade imensa que envole quadrilhas internacionais, com uma sofisticação impressionante”, ressaltou Oliveira.

A associação divulgará dados sobre o assunto durante um painel do Congresso ABTA que começa na semana que vem na capital paulista.  “Esses números são robustos e importantes. A preocupação é que isso inibe o crescimento, prejudica quem paga, estimula o crime organizado, atrapalha a sociedade inteira. Não é só a empresa que perde”, avaliou o presidente, ao defender ações em várias frentes para combater o problema, como aprimoramento tecnológico, mudanças na legislação e maior atuação do Estado.

Agência Brasil



Edições Anteriores:

Julho ( 2014 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31